Programa incentiva a inovação no setor público durante primeiros dias dos novos governos

by Samira Frazão | 1 min read

Os primeiros dias de novos governos são um marco, momento em que os governantes recém-eleitos fazem as primeiras ações e estão no foco da sociedade e da opinião pública. Para incentivar a agenda sobre inovação na gestão pública, a WeGov criou o programa 101 Dias de Inovação no Setor Público.

O projeto envia conteúdos diários sobre inovação e transformação digital a qualquer pessoa interessada, em especial servidores públicos. Todos os participantes inscritos no site da iniciativa recebem por e-mail, através de assinatura gratuita, vídeos, podcasts, textos e webinars com conteúdos voltados à temática do programa.

“O 101 Dias vem para ajudar na transição de líderes e garantir que os projetos bons sigam acontecendo e os que novos iniciem com força”, afirma Marcelo Fett, Diretor de Relações com o Mercado da Softplan, uma das patrocinadoras da iniciativa.

Em 2017, a empresa realizou investimentos via Corporate Venturing na WeGov. Fundada em 2011, a startup é um espaço de aprendizado em governo, que promove a aproximação interinstitucional entre agentes públicos, além de visibilizar ações que beneficiam a sociedade em vários poderes e esferas.

Entre as entidades públicas assinantes do programa, estão (em ordem alfabética): Assembleia Legislativa do Estado de Goiás, Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo, Câmara de Vereadores de São Paulo, Câmara dos Deputados, Conselho Nacional de Justiça, Controladoria-Geral da União, Escola de Governo do Rio Grande do Norte, Fundação Instituto de Educação de Barueri, Governo do Estado do Rio Grande do Sul, Infraero, Inmetro, Instituto Hospital de Base de Brasília, Laboratório de Inovação do Governo do Espírito Santo, Justiça Federal de Santa Catarina, Justiça Federal do Espírito Santo, Justiça Federal do Rio Grande do Norte, Ministério Público de São Paulo, Secretaria de Estado de Gestão e Recursos Humanos do Espírito Santo, Secretaria de Estado de Planejamento, Orçamento e Gestão e Patrimônio do Distrito Federal, Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio de Alagoas, Secretaria de Estado de Saúde do Distrito Federal, Senado Federal e Tribunal de Contas do Estado do Espírito Santo.

Share twitter/ facebook/ copy link