You've successfully subscribed to Polinize
Great! Next, complete checkout for full access to Polinize
Welcome back! You've successfully signed in
Success! Your account is fully activated, you now have access to all content.

1º Simpósio Internacional de Direito Médico e da Saúde discute mudanças causadas pela pandemia

Evento acontece dia 7 de novembro, de maneira remota, e traz perspectivas para a Medicina do futuro

Com o tema “Repensando a Saúde”, o 1º Simpósio Internacional de Direito Médico e da Saúde acontece no dia 7 de novembro, de forma remota, e visa a discutir as alterações profissionais e de cotidiano que o novo coronavírus trouxe para o meio, além das perspectivas de mudança na inter-relação entre Saúde e Direito no Brasil e no Mundo. Voltado a profissionais das áreas da Saúde, Direito e gestão, o evento é promovido pela Escola Superior de Advocacia (ESA) da OAB/PR, em parceria com a Comissão de Direito à Saúde, CRM e CFM, com apoio do Tribunal de Justiça do Paraná.

De acordo com Gabriel Schulman, professor de Direito da Universidade Positivo, membro da Comissão de Direito à Saúde da OAB/PR e um dos organizadores do Simpósio, o evento ocorre durante um dia inteiro, com discussões de profissionais das áreas jurídica e médica, reconhecidos no cenário nacional e internacional. "Trouxemos ao debate temas como saúde pública e suplementar, telemedicina, inteligência artificial, Lei Geral de Proteção de Dados na Saúde e bioética", conta.

Lançamento de livros sobre direito da Medicina

Além de diversos debates sobre o tema, o Simpósio marca o lançamento internacional de produções sobre o tema de Direito na área de saúde. Entre eles, “Debates Contemporâneos em Direito Médico e da Saúde”, livro conjunto sob coordenação de Miguel Kfouri Neto e Rafaella Nogaroli. A obra discute as mudanças éticas e jurídicas que novas tecnologias apresentam na área da saúde, estudo de questões probatórias na área médica, temas éticos na judicialização e prática da medicina e análises das mudanças que a pandemia da Covid-19 trouxe para as áreas jurídica e médica.

Segundo Rafaella Nogaroli, por conta da pandemia, inúmeras inovações tecnológicas chegaram à prática da medicina mundial, e muitas delas vão continuar.  “O futuro da Medicina caminha para um cenário, cada vez mais presente, de revolução da relação médico-paciente, a partir do implemento de Tecnologias como telemedicina, inteligência artificial e robótica, que fazem parte de um caminho sem volta de transformação global abrangente, na chamada Quarta Revolução Industrial”.

“Os diversos benefícios dessas tecnologias acompanhados, contudo, por importantes questionamentos a serem enfrentados pelo Direito em âmbito internacional, com destaque para os riscos e aspectos ético-jurídicos. Por isso, decidimos fazer o lançamento da nossa obra coletiva no simpósio da OAB-PR. Além disso, o livro traz muitas condições de direito comparado, analisando debates contemporâneos em direito médico e da saúde, à luz de decisões judiciais e ordenamentos jurídicos de outros países. Nessa leitura de direito comparado, inclui-se as novas tecnologias, questões probatórias, judicialização da saúde e até mediação de conflitos ”, completa Rafaella.

Outro livro lançado no evento é “Internação Forçada, Saúde Mental e Drogas”, escrito pelo professor Gabriel Schulman. A obra, que examina um tema bastante delicado, a internação forçada em caso de uso abuso de drogas, apresenta um diálogo entre saúde mental e direito e coloca em dúvida os limites das liberdades individuais e interesses coletivos. “Podemos observar, além de terminar sobre a saúde mental, uma análise ética sobre internações compulsórias de usuários de drogas, o que é extremamente atual e permitido, inclusive, uma aproximação com a Covid-19, que nos trouxe à discussão de vacinação forçada pelo governo ”, aponta o autor.

O evento tem início às 9h. As inscrições podem ser feitas no site       https://sdms.eventosoabpr.com.br/