5 maneiras para fortalecer o fluxo de caixa por meios não bancários

22 days ago

A Fintech WEEL separou algumas modalidades não bancárias para captação de recursos que podem ajudar a melhorar o fluxo de caixa da sua empresa

Administrar um negócio não é fácil, nem tampouco barato. É provável que a receita nem sempre seja suficiente para cobrir todas as despesas e o empresário precisa encontrar formas de fortalecer o capital de giro de seu negócio.

Hoje em dia existem algumas modalidades de crédito por meios não bancários que podem ajudar o empreendedor na tomada de decisões e fortalecer o fluxo de caixa. Confira as dicas da WEEL:

Antecipação de recebíveis

Contas a receber ou recebíveis representam o volume financeiro que uma empresa tem a receber pela venda de seus produtos e serviços. Na maioria das empresas, os recebíveis são executados por meio de uma nota fiscal. O grande desafio do empresário é coordenar os prazos de recebimento das vendas com as necessidades diárias de recursos do negócio.

Muitas vezes as empresas fecham negócios com clientes grandes que pedem prazos maiores para pagamento. Nestas situações, e para não recusar um grande cliente ou não atendê-lo completamente, a antecipação de recebíveis pode ser tornar um importante aliado.

A antecipação de recebíveis é uma linha de recursos que serve para acelerar a empresa financeiramente, viabilizando maior liquidez e otimizando seus recursos. É uma forma de obter o dinheiro por um custo muitas vezes menor do que os praticados via empréstimos bancários ou do uso do rotativo do cartão de crédito ou do cheque especial.

A grande vantagem da antecipação, comparativamente com as outras linhas de crédito, é que o empresário não está pegando algo emprestado de alguém, mas sim usando um recurso que já é da empresa. Ele está simplesmente antecipando datas de recebimento.

Por este motivo, os custos de antecipação são menores que os empréstimos convencionais das instituições financeiras tradicionais.

A WEEL é uma fintech que utiliza inteligência artificial para financiar pequenas e médias empresas por meio da antecipação de recebíveis. Oferecemos taxas personalizadas e analisamos o perfil da sua empresa em poucos minutos. Como somos 100% digitais, sua experiência conosco é fácil, segura e sem burocracias. Nossa missão é descomplicar o acesso de pequenas e médias empresas brasileiras a capital de giro, por meio do uso eficiente de tecnologia.

Crédito comercial

Conseguir um empréstimo diretamente de seu fornecedor é conhecido como crédito comercial.  O crédito comercial consiste no oferecimento de crédito por parte de um fornecedor de produtos e serviços ao seu cliente, permitindo o pagamento no futuro. Ambos determinam uma data de pagamento que deve ser respeitada e cumprida pelo cliente.

O uso dessa ação permite que a mercadoria seja entregue de forma imediata ao cliente sem a necessidade de um pagamento antecipado. Provavelmente essa mesma mercadoria vendida permitirá seu pagamento posterior ao fornecedor. Neste caso, o crédito comercial serve como um financiamento da empresa.

Leasebacks

Se a empresa possui propriedades significativas, como equipamentos valiosos, terrenos ou outros prédios, é possível levantar recursos financeiros por meio de um leaseback. Nesta   modalidade, o empresário vende o patrimônio imobilizado para uma empresa de financiamento e depois o aluga ou arrenda imediatamente sob um contrato de longo prazo. Suas operações comerciais continuam acontecendo normalmente, uma vez que ele ainda pode usar o seu patrimônio imobilizado. A única diferença é que ele recebe o dinheiro da venda e deixa de possuir o patrimônio. Leasebacks geralmente funcionam melhor para terrenos e imóveis do que para equipamentos, devido à maneira com a qual as empresas de financiamento avaliam os ativos.

Cartões de Crédito

Quando o dinheiro escassa, muitos empresários recorrem aos seus cartões de crédito. Em uma pesquisa, 31% dos novos empresários disseram que se utilizaram um cartão de crédito para ajudar a financiar as operações comerciais no ano anterior.

Os cartões de crédito são convenientes e fáceis de usar, mas apresentam desvantagens significativas em comparação com outras opções de financiamento - a principal é que os cartões de crédito constituem uma das formas mais caras de financiamento empresarial.

Crowdfunding (financiamento coletivo):

Consiste na obtenção de capital para iniciativas de interesse coletivo através da agregação de múltiplas fontes de financiamento, em geral pessoas físicas interessadas na iniciativa.

É usual que seja estipulada uma meta de arrecadação que deve ser atingida para que o projeto seja viabilizado. Caso os recursos arrecadados sejam inferiores à meta, o projeto não é financiado e o montante arrecadado volta para os doadores.

Quer conferir mais dicas financeiras para impulsionar os negócios da sua empresa? Acesse o blog na WEEL.

Redação

Published 22 days ago