A desvalorização do carro em vendas diretas

7 days ago


Por Marcos Siqueira

Antes de falarmos sobre a desvalorização  dos carros, vamos entender um pouco o conceito de vendas diretas. Nesse setor, configura se uma venda direta quando quem emite A nota fiscal de vendas é o próprio fabricante, em transações com empresas, taxistas ou pessoas com deficiência.

Para se ter uma ideia, entre janeiro e julho de 2018, 35,6% dos carros foram vendidos por meio dessa forma de aquisição, representando mais de 405 mil veículos. Isso nos mostra um pouco a força desse setor e o quanto essa forma de negociação é interessante.

Para entender um pouco a desvalorização de um veículo (infelizmente algo natural desse mercado), o consumidor pode fazer um cálculo simples a partir da comparação com o preço do mesmo carro 0k. De maneira geral, tanto o consumidor final quanto os gestores de locadoras e frotas usam a tabela FIPE (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas) para ter acesso a base de preços.

Um dos pontos de maior desvalorização levado em conta é a idade do veículo. Se ainda seguirmos a tabela FIPE, notaremos que há sempre uma maior perda de valor do carro nos dois primeiros anos de vida útil, se acentuando essa queda depois. Portanto, quem tenta revender um carro do terceiro ano em diante, acaba perdendo ainda mais valor de mercado.

Além disso, com o advento da internet e novas tecnologias, as pessoas têm realizado buscas cada vez mais detalhadas sobre históricos e dados dos veículos, antes de realizar a compra. Isso ajuda a evitar dores de cabeça, fraudes ou problemas com a justiça na revenda de carros usados.

Portanto, meu caro amigo, antes de comprar ou tentar revender um carro, pesquise o máximo de informações que conseguir. Assim seus direitos estarão resguardados e você poderá aproveitar tranquilo seu carro novo (ou usado).

Marcos Siqueira é Presidente da Checktudo, empresa cujo objetivo é oferecer o poder de segurança e gestão de risco por meio de grandes bancos de dados governamentais de identificação de clientes a serviço de pequenas e médias empresas.

Renniê Paro

Published 7 days ago