You've successfully subscribed to Polinize
Great! Next, complete checkout for full access to Polinize
Welcome back! You've successfully signed in
Success! Your account is fully activated, you now have access to all content.

Banco RCI Brasil amplia lucro líquido em quase 17% em 2019 e apura recorde

O Banco RCI Brasil, braço financeiro das montadoras Renault e Nissan, encerrou 2019 com uma série de resultados positivos. A instituição, que atua com financiamento de veículos e entrou para o mercado brasileiro de finanças pessoais no ano passado, por meio de produtos de Certificado de Depósito Bancário (CDB), apresentou uma alta de quase 17% no Lucro Líquido: passou de R$ 221 milhões (2018) para R$ 258 milhões no ano passado. Esse resultado é recorde para o Banco, que completa 20 anos neste ano.

O Patrimônio Líquido também apresentou elevação e atingiu R$ 1,315 bilhão, uma alta de aproximadamente 11% sobre o resultado de 2018 (R$ 1,189 bilhão).

Carteira de crédito

Outro resultado importante foi na carteira de crédito, que encerrou 2019 com um saldo de R$ 10,8 bilhões, o que significa um aumento de 19% em relação ao resultado de 2018 (R$ 9,10 bilhões).

“Esses dados refletem o nível de confiança e a presença do Banco RCI Brasil no financiamento nas vendas de veículos das montadoras. Também identificamos a retomada das vendas do setor automotivo no mercado brasileiro em 2019”, explica o diretor administrativo-financeiro do Banco RCI Brasil, Fabien Tournier.

O Banco RCI Brasil apurou que o percentual de atrasos dos financiamentos acima de 90 dias fechou em 1,5% em 2019, índice de inadimplência muito abaixo da média do mercado, que registrou 3,4% no período.

Seguindo a estratégia de diversificação do funding, o Banco RCI Brasil aumentou suas fontes de captação por meio de Letras Financeiras, interbancário, Letras de Câmbio e CDB. “Desde 2011, passamos a atuar com investidores institucionais. No ano passado, entramos para o mercado de finanças pessoais por meio de três CDBs: um de liquidez diária e outros dois com vencimentos de um e dois anos. A diversificação e o aumento de investidores contribuem para diversificar o funding e assegurar uma estrutura de capital adequada aos objetivos de crescimento da instituição”, conclui o executivo.