You've successfully subscribed to Polinize
Great! Next, complete checkout for full access to Polinize
Welcome back! You've successfully signed in
Success! Your account is fully activated, you now have access to all content.
Bloco formado por favelas brasileiras cria Fundo para Empreendedores de Impacto com recursos do Brasil, Europa e Estados Unidos

Bloco formado por favelas brasileiras cria Fundo para Empreendedores de Impacto com recursos do Brasil, Europa e Estados Unidos

G10 das Favelas, Canal Transformadores e eSolidar se unem para lançar crowdfunding em evento que acontece em Paraisópolis com presença de grandes empresários, líderes e empreendedores de diversas comunidades do país

O lançamento do Fundo para Empreendedores de Impacto com recursos do Brasil, Europa e Estados Unidos, ocorrerá no dia 23 de novembro, durante o Slum Summit 2019- 1° Encontro do G10 Favelas, das 9h às 17h, no Pavilhão Social, na favela de Paraisópolis, em São Paulo.

O evento que reunirá grandes nomes, líderes e empreendedores de diversas comunidades brasileiras, fará parte da São Paulo Tech Week, a maior semana de inovação e tecnologia da América Latina, e da Semana Global do Empreendedorismo, a maior semana de empreendedorismo no mundo.

O recurso captado durante a campanha de crowdfunding será revertido para negócios de impacto social com sede em alguma Comunidade pertencente ao G10 das Favelas. E outra parte arrecadada vai para pessoas físicas residentes na Comunidade de Paraisópolis e que estejam em condição de alta vulnerabilidade, por meio da tecnologia blockchain, passando a circular mais dinheiro nessas regiões urbanas.

“Vemos esta tecnologia com um enorme potencial. Em especial para permitir a qualquer pessoa o acesso a serviços financeiros, que é uma das principais razões para a pobreza. Vamos implementar uma das mais ousadas abordagens para erradicação da pobreza, uma renda mínima garantida (Universal Basic Income), usando blockchain, junto de um grupo pré-selecionado de pessoas que vivem em favelas e estão em situação de alta vulnerabilidade”, explica Marco Barbosa, fundador e CEO da eSolidar.

No período de 23 de novembro de 2019 a 31 de janeiro de 2020, qualquer pessoa pertencente a uma das comunidades do G10 poderão cadastrar um projeto para concorrer ao auxílio do fundo.

“Não será uma medida assistencialista, mas um passo para dar visibilidade para o grande potencial de se desenvolver negócios nessas áreas urbanas, gerando resultados para todos os envolvidos. A medida trará recursos para comunidades brasileiras e ajudará no aumento da circulação de dinheiro nessas regiões, buscando criar cases de empreendedores de sucesso que possam servir de base para modelagem de negócios nessas regiões, para atrair empresas e Fundos de Investimentos, e para inspirar os milhares de moradores de comunidades", esclarece Daniel Cavaretti, CEO do Canal Transformadores.

Para Gilson Rodrigues, do G10 das Favelas e líder comunitário de Paraisópolis, "o Fundo pretende apoiar empreendedores, gerando emprego e atraindo investimentos para as favelas. É uma iniciativa modelo que irá mudar a forma como realizamos captação de investimentos, sendo eficiente, colaborativa e conectada a uma rede de apoio. O uso de tecnologias permitirão que pessoas do mundo inteiro possam ajudar quem quer empreender e, a partir disso, ajudem no desenvolvimento do país".

A abertura da captação contará com o famoso toque de sino, fazendo alusão ao modelo utilizado pelo fundo do Wall Street, durante a abertura do evento com a presença dos membros do G10 das Favelas. Além disso, o evento também contará com diversas atividades como oficinas, palestras, mentorias e experiências gastronômicas.

SERVIÇO:

Slum Summit 2019 (1º Encontro do G10)

Dia 23 de novembro de 2019, sábado, das 9h às 17h

Local: Pavilhão Social, Rua Itamontiga, 100.

Inscrições: bit.ly/2q1KJG9

Ingressos: gratuito para líderes de comunidades, R$ 400,00 (inteira) e

R$ 200,00 (meia).

600 lugares

SOBRE A E-SOLIDAR:

A eSolidar é uma empresa Portuguesa e com atuação no Brasil, que através da sua plataforma permite às empresas gerirem a responsabilidade social, engajando e retendo os seus colaboradores e se conectando com diferentes ONGs.  Por sua vez, as ONGs possuem uma ferramenta para trazer visibilidade e arrecadar recursos para suas causas, por meio de leilões, venda de produtos, bolsa de necessidades e doação espontânea. A eSolidar é a ferramenta utilizada há 5 anos pelo Rock in Rio para criar e gerir seus leilões em prol da Amazônia.

SOBRE O G10 FAVELAS:

O G10 das Favelas é um bloco de Líderes e Empreendedores de Impacto Social das Favelas que está unindo forças em prol do desenvolvimento econômico e protagonismo das Comunidades. Para isso, as ações abaixo estão sendo desenvolvidas com o objetivo de inspirar o Brasil a olhar as favelas como grandes polos de negócios e investimentos, que vão gerar retorno aos investidores e às comunidades.

SOBRE O CANAL TRANSFORMADORES

O Canal é um Centro de Estudos de Modelagem de Negócios e Produtos para Comunidades, de Inovação em Comunidades e Empreendedorismo de Impacto Social Sede na favela de Paraisópolis em Co-criação com moradores das comunidades. A ideia é promover ações que visam uma transformação social e econômica por meio da qualificação dos empreendedores e profissionais que vivem nessas regiões, bem como, após essas ações educacionais, conecta os qualificados com oportunidades de investimentos, clientes ou vagas de emprego.

Top stories in your inbox!