CLM cresce 45% com fortalecimento de portfólio, política de expansão e respeito aos canais

by Edilma Rodrigues | 2 min read

Transformação digital impõe desafios e revisão de estrutura financeira e técnica

Em um mundo em transformação digital, fazer a lição de casa direitinho pode levar empresas a resultados surpreendentes. Quem acompanha o mercado de distribuição especializada de TI, aquela com alto valor agregado, sabe que a vida não anda nada fácil.

A possibilidade de aquisição direta em modelos de cloud computing, incorporada primeiramente com o SaaS – Software as a Service -, depois IaaS – Infraestrutura as a Service – e PaaS – Plataform as a Service – e agora XaaS – Tudo como Serviço, fez a distribuição de softwares cair, de 13% para 11%, entre 2016 e 2017. A informação é da 7ª edição da pesquisa da Associação Brasileira da Distribuição de Tecnologia da Informação (Abradisti), em parceria com o It Data.

No entanto, este não é o caso da CLM. A distribuidora de valor agregado atingiu incríveis 45% de crescimento até outubro de 2018, em comparação com o mesmo período de 2017. O percentual é mais de dez vezes maior que o crescimento do setor de TI, como um todo, o que inclui hardware, software, serviços e telecom, projetados para este ano, 4,1%, segundo levantamento da ABES – Associação Brasileira de Empresas de Software – em parceria com a IDC.

O diretor internacional da CLM, Gabriel Camargo, explica que com as transformações do mercado de softwares, as empresas precisam repensar a estrutura, primeiro a financeira, depois rever desde a arquitetura do produto até o atendimento ao cliente. “Esse novo desafio exige preparo para uma nova gestão estratégica, técnica e, principalmente, financeira,” alerta.

A empresa está em processo de expansão no Brasil e na América Latina. Atualmente, conta com sua sede em São Paulo e filiais em Joinville, aberta em 2017 para atender os estados do sul do país; na Colômbia, Peru e Estados Unidos. “No início do próximo ano, temos mais novidades,” instiga Gabriel.

A CLM conseguiu ampliar sua presença na AL, com distribuição e logística interna. Todo o processo, do começo ao fim, é feito com capital intelectual da distribuidora, que investe em revendas, com alto potencial de crescimento.

A empresa especializou-se em trazer fornecedores de tecnologias avançadas, com grande qualidade e potencial de crescimento que normalmente não interessam aos grandes distribuidores box movers.

O desenvolvimento do mercado na América Latina para essas novas tecnologias é seu grande diferencial.

O aporte de valor na CLM inclui o treinamento dos canais, webinar para os clientes potencias, condução de provas de conceito, empréstimo de equipamento para clientes da revenda, e estruturação de financiamentos para os clientes finais.

Além disso, segundo o diretor da CLM, a confiança das revendas no distribuidor também é essencial. “Não vendemos direto, 100% dos nossos fabricantes respeitam a cadeia do processo de vendas; respeitamos o registro de oportunidades, bem como a política de canais de cada fabricante. O respeito é do começo ao fim,” assinala.

Share twitter/ facebook/ copy link