You've successfully subscribed to Polinize
Great! Next, complete checkout for full access to Polinize
Welcome back! You've successfully signed in
Success! Your account is fully activated, you now have access to all content.

Com a plataforma de Inteligência de Software Dynatrace, CNseg reduz nível de indisponibilidade de suas soluções

A solução de DPM (Digital Performance Management) melhorou na otimização de recursos de infraestrutura utilizados na organização

A Dynatrace, líder mundial em inteligência de software, melhorou a disponibilidade das soluções da CNseg (Confederação Nacional das Empresas de Seguros Gerais, Previdência Privada e Vida, Saúde Suplementar e Capitalização) por meio de sua plataforma de Inteligência de Software, que fornece respostas em tempo real ao desempenho de aplicativos,  serviços interconectados, infraestrutura hibrida/multi-cloud e experiência dos usuários.

De acordo com Luis Freitas, Gerente de TI da CNseg, a ferramenta possibilita identificar pontos de melhorias na gestão das aplicações, tornando possível as correções de código e de infraestrutura que aumentaram a disponibilidade das soluções da CNseg. “A infraestrutura das aplicações é dinâmica e sua complexidade requer monitoramento que possibilita maior assertividade no diagnóstico dos problemas, o que melhorou com a implementação da solução DPM da Dynatrace”, explica.

O gerenciamento de performance digital possibilita uma visão única de toda a transação do negócio que vai desde o início da navegação até a conclusão do pedido ou qualquer outro ponto que o usuário decida parar. Em um mundo cada vez mais digital, as empresas buscam diferentes formas de melhorar a visibilidade em cada uma das camadas que envolvem a aplicação. No entanto, na maioria das vezes, as equipes de TI não percebem a correlação entre os elementos e o negócio porque estão focadas apenas nos componentes de tecnologia de uma maneira isolada.

“Os modelos de negócios se transformaram e as companhias passaram a depender de aplicações para quase todos os processos. Essa transformação digital não é simples e exige mudanças massivas na forma como operamos o negócio e a TI. Hoje, com o apoio da Inteligência Artificial aprendemos de forma automática como as aplicações funcionam detectando mudanças e anomalias no dia a dia, além de mapearmos em tempo real métricas que são capazes de mostrar se o negócio está funcionando como deveria a partir da aplicação e a experiência dos clientes/usuários”, explica Fernando Mellone, Senior Territory Manager da Dynatrace e responsável pelo atendimento da CNseg.

De acordo com o Gerente de TI da CNseg, a ferramenta tem como ponto alto sinalizar as tendências de comportamento da aplicação que podem levar a falhas. “Antes a equipe de infraestrutura trabalhava de forma reativa aos problemas. Hoje é possível nos antecipar, mitigando a ocorrência de interrupção dos serviços”, diz Freitas.