Com Medt ONE, hospital da Bahia ganha eficiência em agendamentos cirúrgicos

7 months ago

Ferramenta implementada pela MTM Tecnologia no Hospital Santa Izabel, da Santa Casa de Misericórdia reduz o tempo entre a solicitação e a realização de cirurgias

A MTM Tecnologia, uma das empresas  na oferta de soluções inovadoras para tecnologias móveis do Brasil, anuncia que o Hospital Santa Izabel, da Santa Casa de Misericórdia da Bahia, está usando com sucesso o novo sistema Medt One. Desenvolvido pela MTM em parceria com a Magma Lab, o sistema faz a gestão estratégica de informações cirúrgicas e agiliza todas as fases do processo de agendamento de cirurgias eletivas.

Implementado com o objetivo de simplificar a gestão dos processos de agendamento cirúrgicos do hospital, o sistema tem permitido realizar as cirurgias de forma mais rápida e eficiente. Segundo análise feita no último trimestre de 2018, por exemplo, as cirurgias eletivas realizadas pelos médicos que utilizaram o Medt One foram concluídas 22% mais rápido do que as cirurgias conduzidas pelos profissionais que não utilizaram a ferramenta. Se observado apenas o período de dezembro de 2018, os cirurgiões que utilizaram o Medt One tiveram aprovações das suas cirurgias 68% mais rápidas. Esse resultado se reflete no índice de satisfação de 85% dos cirurgiões com o uso da solução.

“O controle dos registros de cirurgias era feito em nossos sistemas internos e a integração e comunicação dessas informações sempre foi um grande desafio. Nem sempre as solicitações e os status chegavam rapidamente aos médicos ou às equipes de agendamento”, diz Mônica Bezerra, Diretora Administrativa da Santa Casa da Bahia. “Por isso, nosso objetivo era encontrar uma ferramenta capaz de integrar o fluxo de informações existentes nesse processo, agilizando ao máximo a relação entre a operação do hospital e dos profissionais”.O Medt One integra e organiza todos os dados do processo cirúrgico, desde a solicitação até a liberação dos pedidos, e os apresenta em uma única interface. “As informações ficam disponíveis para visualização dos profissionais do hospital envolvidos no processo, dos cirurgiões e suas equipes via qualquer dispositivo conectado à internet, incluindo smartphones. A ferramenta reduz a necessidade de controles manuais, aumenta a visibilidade sobre o passo a passo de cada fase do agendamento cirúrgico, centraliza todas as fontes de informações e possibilita sua consulta, de forma simples e organizada, pelos médicos e gestores internos”, afirma Gustavo Perez, Diretor Executivo da MTM Tecnologia.

Automatizado, o sistema permite melhorar a governança das informações, agregando mais agilidade e segurança aos processos de agendamento cirúrgico. Com isso, é possível aumentar os índices de satisfação de pacientes e cirurgiões, melhorando ainda os resultados do hospital ao antecipar receitas e reduzindo a ociosidade do centro cirúrgico e riscos de glosas por parte dos planos de saúde. Com este projeto, a instituição, por meio de sua Diretoria Administrativa e do departamento de Tecnologia da Informação, consolida a estratégia de aplicar, prioritariamente, soluções inovadoras e de fácil manuseio para seus clientes e parceiros.

Além do ganho de tempo no processo, o Medt One também reduziu em quase 60% o número de ligações telefônicas entre os médicos e o hospital. “Antes, tínhamos alguns processos em que era preciso telefonar para o médico, informando que havia algum tipo de documento ou requerimento a ser ajustado. Com a ferramenta, podemos notificá-los por meio do portal on-line e eles podem nos responder digitalmente. Esse recurso simplifica o trabalho e reduz consideravelmente o tempo necessário para darmos sequência ao fluxo de procedimentos para a realização das cirurgias”, explica Carine Orleans Albuquerque, Coordenadora de Internamentos, Pré-Internamento e Gestão de Leitos do Hospital Santa Izabel.

Com painéis e aplicativo móvel integrado, a solução extrai dados não estruturados de qualquer sistema de gestão hospitalar e analisa os processos de agendamento cirúrgico, identificando gargalos e possíveis problemas decorrentes da interação entre os agentes envolvidos. Com o uso de aprendizado de máquina e inteligência de dados de ponta, o Medt One consegue sugerir melhorias e apresentar resultados concretos a partir do histórico de dados. “Dessa maneira, conseguimos reduzir o tempo entre cada uma das etapas necessárias para aprovação e execução da cirurgia”, explica Perez.

A expectativa é que nos próximos meses os índices positivos cresçam ainda mais. “Hoje, mais de 60% dos médicos já usam a ferramenta. Queremos aumentar esse número, pois sabemos que o engajamento e a participação dos profissionais são essenciais para melhorarmos ainda mais nossos resultados”, afirma Mônica.

O sucesso da aplicação fez com que a solução fosse escolhida pela Prefeitura de Salvador através do Pitch Salvador para apoiar a automação do sistema público de saúde. Além da expansão no Brasil, no entanto, o Medt One também tem ganhado presença internacional, com apresentações em eventos para investidores do Vale do Silício (Estados Unidos) e no Uruguai. Para 2019, a expectativa é que a solução seja levada para outros países da América Latina, sendo aplicado em operações médicas e hospitalares por toda a região.

Carol Tiago

Published 7 months ago