You've successfully subscribed to Polinize
Great! Next, complete checkout for full access to Polinize
Welcome back! You've successfully signed in
Success! Your account is fully activated, you now have access to all content.

Como atrair e engajar os vendedores em tempos de instabilidade econômica?

* Por Fábio Oliveira

Elo essencial entre o varejo e o consumidor final, os vendedores exercem uma função maior do que aparentam. Falar em vendas sem imaginar o profissional que está ali oferecendo o produto ou serviço é quase impossível. Com a disparada do e-commerce uma profissão até perder um pouco de sua força, mas vem sendo retomada graças ao seu poder de influência na decisão de compra. Podemos até pensar no vendedor como o primeiro influenciador que já existiu.

Novas formas de vender não param de surgir, especialmente no ambiente digital. E diante do cenário, se faz necessário auxiliar na transição do profissional que precisa entender e se engajar nessa forma de atuação. É papel das empresas oferecer ferramentas e garantir que o vendedor se sinta atraído pela venda online, auxiliando na capacitação e disponibilizando plataformas e tecnologia compatíveis com o que o e-commerce exige.

Atrair o vendedor também não é tarefa simples. É necessário mostrar como ele faz diferença em todo o processo de venda - pré, durante e pós. A humanização no meio das máquinas ainda é indispensável e o vendedor necessita ter conhecimento claro disso. Com a pandemia do novo coronavírus, por exemplo, vimos públicos que até então não eram consumidores online, serem praticamente obrigados a mudar o hábito. Para eles são ainda mais essenciais o contato humano durante uma compra.

Para ganhar atenção e engajar cada vez mais o vendedor é fundamental também prestar atenção na remuneração e condições de trabalho. Ainda que seja virtualmente, o merece profissional o reconhecimento de ter à disposição comissões atraentes e competitivas, flexibilidade, estabilidade por meio de cumprimento de metas, entre outras vantagens. Já para atitude ajudar no engajamento, uma boa é inserir o vendedor ao máximo no propósito da empresa, suas missões e objetivos.

Vender online é um novo mundo para cerca de 150 mil e-commerces que abriram na pandemia, segundo dados da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), e entendeu como encaixar seu vendedor nesse momento novo é fundamental para manter não somente o fluxo de vendas , como a qualidade dela e a maior garantia de retorno do cliente. Tenho certeza que com uma rede de vendas sustentável, seu negócio irá longe!

* Fábio Oliveira é CEO da SalesFarm, primeira plataforma que terceiriza a força de vendas por meio de um software e tem como objetivo conectar empreendedores a vendedores

Top stories in your inbox!