Iniciativas como o Nube Hub mostram que a colaboração vai muito além do espaço compartilhado entre profissionais independentes

A expansão dos Hubs e coworkings aumenta na mesma medida em que se multiplica a vontade de empreender, crescer em equipe e criar espaços mais modernos e flexíveis. Enquanto o coworking surge como um espaço possível para trabalhar de maneira compartilhada, o Hub se consolida como uma experiência de conexão entre seus colaboradores. A ideia é entender o coletivo para fazer crescer o individual.

Nube-Hub-3

Projetos como o Nube Hub, em Brasília, focam, além no compartilhamento de espaços, na criação de eventos para promover ligações entre os frequentadores. A ideia é criar novas conexões, unindo as diferentes necessidades e habilidades de cada um. É esse o diferencial de um Hub. Além de dividir um espaço de trabalho mais livre, cada empreendedor pode encontrar novos parceiros.

No local, diferentes profissões se encontram para compartilhar o espaço e as ideias. Advogados, empreendedores, comunicadores
Novas experiência

“A ideia é gerar uma rede de colaboradores que trocam serviço e ideias”, afirma Paula Werneck, uma das colaboradoras do Nube Hub.

Novas experiências

Nube-Hub

Paula trabalha em parte da recepção do espaço e como gerente da comunidade, acompanhando diariamente as necessidades de trabalho de cada cliente. A iniciativa é voltada para o empreendedorismo e conta com uma unidade no Edifício Via Brasil, localizado na 710/910 Sul.

Além do acompanhamento diário, o espaço criou o Nube Talks, uma série de eventos em busca de fortalecer essas conexões e apresentar diferentes projetos. As necessidades e pontos de crescimento em potencial para cada frequentador são observados no cotidiano de trabalho do local, criando ainda mais possibilidades de crescimento.

Para trabalhadores independentes, escolher um espaço compartilhado significa estar livre das distrações de casa. Veja algumas vantagens:

  1. Ambiente focado no trabalho
  2. Ampliar o networking
  3. Estimular a criatividade e inovação
  4. Horários flexíveis
  5. Estrutura completa à disposição

Onde surgiu o termo Hub?

Hub (do inglês), plataforma giratória de voos, e centro de conexão são designações dadas ao aeroporto utilizado por uma companhia aérea como ponto de conexão para transferir seus passageiros para o destino pretendido. A conexão com o empreendedorismo vem justamente da ideia de criar conexões e transferir os participantes a um novo ponto de descoberta e crescimento.

Serviço
Nube Hub
Onde: SEPS Q 710/910 Conjunto C/D Edifício Via Brasil, loja 28 - Asa Sul, Brasília-DF
Horário: 8h às 19h (Segunda-feira a sexta-feira)
Saiba mais: www.nubehub.com.br