Preparar os alunos para o vestibular de um modo mais atrativo e enriquecedor não é uma tarefa fácil. Mas se você quer cativar os estudantes e fazer com que eles se interessem ainda mais pelo conteúdo ensinado, a Árvore de Livros tem uma dica. Você sabia que o uso das novas tecnologias pode ser um grande aliado nesta função?

Os dispositivos eletrônicos já fazem parte da vida dos jovens, mas o que poucos sabem é que a tecnologia em sala de aula pode ser uma grande auxiliar do processo de aprendizagem. Nesse sentido, estar atento aos benefícios tecnológicos pode ser um diferencial para professores e instituições de ensino.

No post de hoje, listamos algumas dicas sobre como aproveitar ao máximo as ferramentas digitais em sala de aula. Vamos conferir?

Uso de aplicativos

Hoje em dia, os smartphones e tablets nos dão a possibilidade de ter praticamente tudo ao alcance da mão. Notícias, músicas, entretenimento, jogos, amizades, dentre outros. Mas, além disso, os dispositivos podem ser uma ótima ferramenta na hora de preparar os alunos para o vestibular.

Existem inúmeras lojas online nas quais é possível baixar facilmente aplicativos educativos, de acordo com os objetivos de ensino e aprendizagem. Há, por exemplo, opções especializadas na resolução de questões do ENEM.

Alguns dos aplicativos têm estrutura de jogos, o que pode aumentar ainda mais o interesse dos estudantes.

Consultas em bibliotecas digitais

O uso de novas tecnologias de ensino deve ser feito de um modo prático e prazeroso para os estudantes. Ao mesmo tempo, essas tecnologias não devem estar separadas do processo de ensino. Então, é preciso incorporá-las de um modo natural e eficiente.

Uma ótima alternativa para isso são as bibliotecas digitais. Elas são plataformas on-line que funcionam como os já conhecidos Netflix e Spotify. A Árvore de Livros, maior plataforma de leitura digital para escolas do país, possibilita o acesso dos estudantes a mais de 10 mil títulos, utilizando qualquer dispositivo eletrônico móvel ou computador.

Bibliotecas digitais como a Árvore de Livros também permitem que os educadores tenham acesso aos relatórios individuais de leitura. Com isso, é possível saber se os livros foram realmente lidos, ou verificar o tempo gasto na sua leitura, por exemplo.

Ainda, as bibliotecas digitais trazem uma boa vantagem para a dinâmica de sala de aula: um mesmo título pode ser lido por inúmeras pessoas ao mesmo tempo.

Participação em fóruns de debate on-line

Outra ferramenta tecnológica bastante eficaz são os fóruns de discussão nas redes sociais. Neles, é possível trocar ou compartilhar informações com rapidez e eficiência. Além disso, os grupos podem ser facilmente criados e mediados por professores e tutores.

A maior possibilidade de interação torna as ferramentas digitais de ensino uma boa forma para motivar os alunos. Nos grupos de discussão on-line, é possível compartilhar vídeos e links, trocar dicas de livros, tirar dúvidas e acompanhar as discussões de um modo bem mais divertido.

Por fim, não há como negar que os meios digitais estão cada vez mais presentes em nossas vidas. E na educação, como vimos hoje, isso não é diferente.

Se, em um passado recente, as tecnologias digitais eram vistas como obstáculos para o ensino, agora, elas são grandes aliadas. E quando bem usadas, podem ser decisivas na hora de preparar os alunos para o vestibular.

Além disso tudo, os recursos tecnológicos podem servir como meios de aproximação entre educadores e estudantes.

Então, gostou das nossas dicas? Ficou com alguma dúvida? Deixe um comentário no post e compartilhe a sua experiência conosco!