Aplicativo criado por startup mineira aumentou a interação dos adultos com o dia a dia das crianças nas escolas

Por Naiara Araújo

Os aplicativos estão em praticamente todas as atividades do dia a dia e na área educacional não poderia ser diferente. Foi nessa mudança no modo de se organizar e comunicar que os irmãos Sávio e Bruno Grossi encontraram inspiração para melhorar a comunicação entre os pais e as escolas.

Em 2013, eles criaram o aplicativo Pertoo, que chegou com o objetivo de substituir as agendas e bilhetes na comunicação educacional. “Diariamente nos deparamos com uma nova tecnologia criada para substituir um hábito ou processo do dia a dia. No ambiente escolar não poderia ser diferente. Com o avanço da tecnologia, os hábitos das pessoas têm migrado para o digital e as instituições de ensino podem e devem usufruir muito desta mudança”, diz Sávio Grossi, CEO da empresa.

Uma das principais vantagens do aplicativo é que ele traz os pais para mais perto da vida escolar dos filhos, o que melhora os resultados dos alunos. “O pai consegue acompanhar em tempo real a rotina do filho. Pode interagir com os profissionais da escola de uma forma muito mais ágil e prática. Pensamos em uma tecnologia que otimizasse os trabalhos dos professores, coordenadores, diretores e deixassem os pais mais perto de seus filhos,” conta Sávio Grossi.

Outras funcionalidades

Além do aplicativo, a Pertoo desenvolveu um sistema de comunicação completo que conta com diversas funcionalidades e benefícios. Entre as principais estão o compartilhamento de informações via dispositivos moveis, criação de diferentes perfis para que além dos professores todos os funcionários da escola possam participar e compartilhamento multimídia, que possibilita o envio de fotos, relatórios e documentos.

De acordo com informações da startup, os resultados do engajamento dos pais são positivos. A maioria das escolas consegue atingir mais de 90% dos pais com os comunicados, sendo que o máximo que atingiam antes era 40% com o envio de e-mail.

Solução para escolas

Para utilizar o Pertoo as escolas devem fazer um cadastro no site da empresa e solicitar a configuração do aplicativo. O processo de liberação para uso do sistema é realizado em poucos dias e o preço mensal varia em função do número de alunos da escola. Para quem quer experimentar, é possível baixar a versão de teste do aplicativo, que é gratuita.

A startup foi selecionada e investida pelo Startups and Entrepreneurship Ecosystem Development (SEED), programa de incentivo a inovação criado pelo governo de Minas Gerais. Atualmente, o sistema da Pertoo já está em mais de 80 escolas, em todas as regiões do país. Entre profissionais da escola, alunos e pais, soma mais de 100 mil usuários.