You've successfully subscribed to Polinize
Great! Next, complete checkout for full access to Polinize
Welcome back! You've successfully signed in
Success! Your account is fully activated, you now have access to all content.

Conheça as 6 áreas mais promissoras para o futuro profissional de Direito

Demanda por profissionais qualificados nessas áreas faz bacharéis voltarem aos bancos das universidades

Enquanto alguns prevêem o fim da profissão de advogado com o avanço da tecnologia, outros enxergam oportunidades. "É certo que a automação facilitará - e muito - a parte burocrática do trabalho do Direito e, com o aumento da produtividade, os postos de trabalho tradicionais devem diminuir. Por outro lado, outros mercados estão se abrindo na área jurídica", garante Eduardo Faria, coordenador dos cursos de Pós-Graduação em Direito da Universidade Positivo.

Temas que estão sendo discutidos hoje, como lavagem de dinheiro, proteção de dados, inteligência artificial nas mais diversas áreas, sustentabilidade, criptomoedas e compliance nos negócios ainda estão pouco cobertos por profissionais da área jurídica. Para suprir essa demanda, muitos advogados estão voltando para os bancos das universidades em busca de especialização. Veja abaixo as seis áreas mais promissoras para o futuro profissional de Direito.

Meio Ambiente e Sustentabilidade

Quais serão os impactos gerados para o meio ambiente com a utilização desenfreada de baterias para novos dispositivos eletrônicos? De quem é a responsabilidade por esses danos? A complexidade da questão ambiental tem exigido respostas do campo jurídico para essas e outras perguntas. "Cada vez mais, o mercado procura profissionais preparados para atuar em projetos e em medidas contenciosas administrativas e judiciais, notadamente, na orientação para obtenção de licenças, EIA/RIMA, termos de compromisso e adequações legais", afirma o coordenador da pós-graduação em Direito Ambiental da Universidade Positivo, Alexandre Nicoletti Hedlund.

Responsabilidade Civil

Os maiores salões de automóveis já estão apresentando modelos de carros autônomos. Com eles, surgem algumas questões para o sistema jurídico, como: se o sistema do veículo tiver de decidir entre desviar de uma criança e cair em um penhasco ou atropelar uma criança na estrada, mas salvar o tripulante do veículo, qual decisão deverá ser tomada pelo algoritmo, em milésimos de segundos? Dúvida semelhante surge na área da saúde. Espera-se, em um futuro próximo, que robôs extremamente precisos estejam atuando em centros cirúrgicos, mas ainda há muita polêmica sobre a legislação específica para essa área. Por exemplo, se um robô cometer um erro e um paciente morrer, de quem será a responsabilidade? Tarefa para o advogado que se especializar em novas tecnologias na área de Responsabilidade Civil.

Tecnologia da Informação

O aumento da capacidade de processamento de dados, os constantes desenvolvimentos nas tecnologias de inteligência artificial, o surgimento de novas legislações de proteção de dados em escala global e as constantes propostas de novas normas capazes de interferir na produção, gestão e difusão de ativos intangíveis trazem desafios até então inéditos para o advogado. "Hoje, os dados são a grande questão do mercado jurídico. A questão de propriedade, que era muito forte, deu espaço para a imaterialidade. Dados são o novo petróleo. Esse é um mercado que abre ótimas oportunidades para profissionais bem qualificados", ressalta Luca Schirru, coordenador do curso de pós-graduação em Propriedade Intelectual, Inovação e Proteção de Dados da Universidade Positivo.

Macrocriminalidade

A operação Lava-jato trouxe novas perspectivas para a advocacia criminal no Brasil. A exposição de casos de corrupção e lavagem de dinheiro acendeu o sinal de alerta em todas as organizações - públicas e privadas - e abriu uma grande oportunidade para profissional de Direito. "O mercado de trabalho exige um profissional com perfil ativo e com capacidade técnica para trabalhar nessas demandas", descreve Maria Augusta Oliveira de Souza, coordenadora do curso de pós-graduação em Advocacia Criminal da Universidade Positivo.

Governança Corporativa

Compliance é a palavra da moda nas organizações. "O especialista em compliance ou compliance officer é o advogado presente na criação e estruturação de controles internos, normas de conduta das empresas, ética, valores - e cria todas essas normas dentro da organização, respeitando a lei anticorrupção", define a coordenadora do curso de pós-graduação em Compliance e Integridade Corporativa da Universidade Positivo, Themis Ortega Sampaio.

Investigação Forense

Enquanto a criminalidade não para de crescer no Brasil, o mercado de trabalho da área de Investigação Forense se mostra bastante bastante promissor. "As oportunidades de emprego podem ser encontradas principalmente em companhias de polícia, mas os especialistas do ramo atuam também em centros de pesquisa, laboratórios de medicina, escritórios especializados e em instituições de ensino. O mercado está precisando muito de peritos especializados", ressalta a coordenadora do curso de pós-graduação em Ciências da Investigação Forense da Universidade Positivo, Ana Meyer. Segundo ela, o profissional dessa área precisa ter alta capacidade de observação, dinamismo, foco, conhecimento em diferentes áreas, persistência e dedicação.

Sobre a Universidade Positivo

A Universidade Positivo concentra, na Educação Superior, a experiência educacional de mais de quatro décadas do Grupo Positivo. A instituição teve origem em 1988 com as Faculdades Positivo, que, dez anos depois, foram transformadas no Centro Universitário Positivo (UnicenP). Em 2008, foi autorizada pelo Ministério da Educação a ser transformada em Universidade. Atualmente, oferece mais de 60 cursos de Graduação presenciais, quatro cursos de Doutorado, sete cursos de Mestrado, mais de 190 programas de Especialização e MBA, sete cursos de idiomas e dezenas de programas de Extensão. A Universidade Positivo conta com três unidades em Curitiba, uma unidade em Londrina (PR), uma unidade em Joinville (SC), além de polos de Educação a Distância (EAD) em mais de 60 cidades espalhadas pelo Brasil. Em 2019, a Universidade Positivo foi classificada entre as 100 instituições mais bem colocadas no ranking mundial de sustentabilidade da UI GreenMetric.

Top stories in your inbox!