Conheça os 5 principais problemas mecânicos de carros usados

a month ago

Em tempos de crises financeiras e pessoas procurando por soluções que gerem qualquer tipo de economia em seu bolso, é crescente o número de clientes que abrem mão do tão sonhado carro zero quilômetro e optam por comprar um usado. Quando realizada da forma adequada, essa aquisição pode gerar muitas vantagens para o novo motorista.

Porém, é preciso saber que, assim como tudo na vida, há também o lado não tão positivo de se comprar um carro usado. A manutenção recorrente é um deles e pode acabar onerando o que no começo parecia um ótimo negócio. Por isso, a Olho no Carro, autotech que oferece segurança para transações de compra de veículos novos e usados, listou os 5 principais problemas mecânicos de carros usados. Confira:

Engate das marchas - As trocas de marcha devem ser suaves e não devem apresentar barulhos. Se, por acaso, isso estiver acontecendo com seu carro, é possível que a caixa de câmbio esteja com problemas. Para evitar problemas futuros, sempre faça o test-drive e verifique se há dificuldade no engate de alguma marcha e, de preferência, vá até locais em que você possa andar em maior velocidade para checar se as trocas de todas as marchas estão funcionando bem.

Estado dos pneus - o lado ‘bom’ desse item, é que é possível fazer uma rápida avaliação a olho nu: se estiverem carecas, devem ser trocados por novos. Além disso, pneus em mau estado podem indicar problemas graves no veículo e, por isso, é essencial fazer uma avaliação cautelosa. Quando existe diferenças nas condições dos 4 pneus do carro, isso pode sinalizar que algo não vai bem com o alinhamento das rodas e, por isso, é possível que o veículo possua algum problema na suspensão.

Problemas no motor - fazer a checagem desse item é essencial, pois eles podem ser extremamente caros e chatos de serem resolvidos. Note, por exemplo, se o motor está “engasgando”, se está produzindo uma fumaça excessiva no cano de descarga, se há água suficiente em seu reservatório e se temperatura em que está atuando é adequada. Não se esqueça de também consultar um mecânico de sua confiança.

Alinhamento da carroceria - sabe quando você está dirigindo e sente como se o carro estivesse ‘puxando’ para um dos lados?! Pois é, carros que já sofreram batidas graves costumam ficar com a carroceria desalinhada. Caso as portas, capô e tampa do porta-malas não estejam fechando com facilidade, isso pode sinalizar um problema no alinhamento. Portanto, vale até mesmo uma varredura online para ver se há indicações de sinistros.

Parte elétrica - Cada vez mais moderna, a parte elétrica do veículo tende a ter sua manutenção deixada de lado por ser cara. Por isso, antes de fechar o negócio, confira se todas as luzes, vidros e travas estão funcionando corretamente. Assim você evita novos (e grandes) gastos futuros.

Renniê Paro

Published a month ago