Credz personaliza serviços para jovens de até 25 anos por meio de soluções da TransUnion

9 days ago

Com o uso de soluções de decisão e informação, a administradora de cartões desenhou novas políticas de concessão de crédito para ampliar seus negócios com mais agilidade e segurança nas transações

Frente à recuperação econômica do Brasil, que despertou a demanda por opções diferenciadas de acesso ao crédito e meios de pagamento, instituições financeiras buscaram se modernizar e oferecer novas soluções visando atender uma parcela maior da população - principalmente a grande quantidade de consumidores invisíveis aos players do mercado. Partindo disso, a Credz, uma das maiores administradoras e emissoras de cartões do Brasil, em parceria com a TransUnion, companhia global de soluções de informação, expandiu seu mercado e otimizou seus processos de concessão por meio de soluções de decisão e dados alternativos.

A Credz tinha como desafio aumentar suas ofertas para os consumidores entre 18 a 25 anos, cujo potencial de crédito é difícil de ser avaliado, uma vez que muitos desses jovens estão no mercado de trabalho informal, são desbancarizados ou compõem renda em seu núcleo familiar. Era necessário desenhar novos processos e políticas de concessões, permitindo assim à Credz assistir esse volume maior de clientes deste segmento de mercado sem aumentar o risco de inadimplência.

A partir do uso das soluções analytics e dados alternativos Book 3D da TransUnion, aliadas à já utilizada solução para tomada de decisão Crivo e à plataforma de consulta que fornece informações ZipOnline, foi possível mapear e construir ofertas mais abrangentes para esse nicho de clientes, uma vez que elas oferecem dados e insights para ampliar o conhecimento sobre os perfis de compra, adaptando produtos à realidade desse público.

“Para alavancar o consumo e, consequentemente, movimentar a economia, é preciso conceder crédito. Dada a nossa história de ciclos econômicos e cenário regulatório, essas decisões sempre foram complexas e demoradas. Com as soluções da TransUnion, conseguimos impactar positivamente a vida de jovens que têm, no nosso cartão, a sua primeira oportunidade de acesso à bens e serviços que não conseguiriam sem crédito”, comenta Fernando Guiselini, Diretor de Planejamento, Risco e Analytics da Credz. “A TransUnion oferece mais do que uma relação de venda de soluções. Ela nos apresenta novidades em produtos e funcionalidades atualizadas com a movimentação do mercado”, completa o executivo.

Para que o propósito de facilitar a rotina de trabalho dos parceiros fosse eficaz, era necessário que a Credz tivesse respostas rápidas, efetivas e com segurança, sem comprometer o fluxo habitual das lojas. Por meio das soluções da TransUnion, a administradora teve acesso a mais de 600 fontes de dados integradas automaticamente ao seu sistema, possibilitando a construção de seu próprio modelo de concessão de crédito e uma melhor compreensão de jovens sem histórico financeiro.

Segundo Juarez Zortea, presidente da TransUnion Brasil, é importante que empresas tenham a preocupação de inserir diferentes grupos entre seu público-alvo, democratizando meios de pagamento e aumentando o acesso a bens e serviços. “Segundo levantamento da TransUnion, atualmente temos cerca de 100 milhões de brasileiros invisíveis aos players de mercado, incluindo 25 milhões que estão iniciando suas atividades financeiras. Uma vez que essa parcela da população também conta com consumidores em potencial, entendemos a importância de utilizar dados alternativos para uma melhor compreensão desse possível cliente. Sermos parceiros de uma empresa com o histórico e tecnologia da Credz é a oportunidade para colocar nosso propósito de ‘Ajudar a Melhorar a Qualidade de Vida das Pessoas’ em prática e permitir o reaquecimento do mercado. Nós chamamos isso de Informações para o Bem”.

Fundada em 2011, a administradora e emissora de crédito Credz surgiu como uma alternativa para varejistas redefinirem seus modelos de negócio e incluírem diferentes públicos, com ofertas mais eficazes e que, mesmo com um cenário econômico dinâmico, continuassem fomentando o mercado. Para isso, a Credz mapeou novos formatos e ciclos de crédito, entendendo o consumidor a partir de um histórico amplo, incluindo, por exemplo, jovens e trabalhadores autônomos.

Redação

Published 9 days ago