Com crescimento acelerado, crowdfunding imobiliário é alternativa para investidores brasileirosd

8 months ago

Equipe da Glebba investimento aponta nove motivos que fazem essa modalidade ser uma tendência para os próximos anos

Entre as alternativas inovadoras no mundo de investimento está o crowdfunding. E, quando pensamos no mercado imobiliário, vemos um avanço muito grande na área de investimentos e imóveis. Em 2016, os EUA captou mais de 800 milhões de dólares e esses números só tendem a crescer, inclusive aqui no Brasil.

O crowdfunding, como investimento financeiro, foi regulamentado, em 2017, pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM), no Brasil. Apesar de ser algo novo, já é possível enxergar um grande potencial de crescimento, pois é um modelo de investimento extremamente alternativo para quem procura segurança e rentabilidade ao mesmo tempo.

A Glebba Investimentos é a primeira e única fintech do Brasil a fazer crowdfunding imobiliário para viabilizar a construção de loteamentos. Por meio de uma plataforma digital, a empresa leva oportunidades de investimento de risco moderado e alto retorno a investidores de todos os portes. Por meio de uma plataforma digital, a startup leva oportunidades de investimento de risco moderado e alto retorno a investidores de todos os portes. Por unir a desburocratização das plataformas digitais com a segurança e solidez do mercado imobiliário, o crowdfunding veio para ficar.

A equipe da Glebba elencou nove motivos que podem fortalecer o mercado. Confira:

1. Conexão com pequenos investidores

A essência do crowdfunding está na possibilidade de qualquer investidor ter acesso a produtos imobiliários. Hoje, com apenas mil reais, qualquer pessoa pode se tornar um investidor das etapas mais rentáveis de um empreendimento imobiliário.

2. Não é preciso ser especialista no mercado imobiliário

Antes das plataformas anunciarem uma oferta, elas realizam uma análise rigorosa da qualidade do empreendimento, sob os pontos de vista técnico, mercadológico, jurídico, econômico e financeiro. Com isso, além de diminuir drasticamente o risco dos investimentos, faz com que o investidor possa experimentar novos produtos imobiliários e ter mais segurança, diversificando sua carteira sem grandes preocupações.

3. Redução de trâmites burocráticos

Com uma plataforma 100% online é possível se tornar um investidor imobiliário de um empreendimento com alto potencial de rentabilidade, em poucos cliques. Isso traz simplicidade e facilidade para o investimento.

4. Modalidade regulada pela CVM

Com a regulamentação da CVM, as plataformas operantes são obrigadas a seguir regras de governança e conduta que diminuem ao máximo os riscos, irregularidades, fraudes, golpes, lavagem de dinheiro e discriminação de clientes no ambiente da plataforma.

5. Prazo de retorno atrativo

As ofertas anunciadas nas plataformas de crowdfunding possuem, em sua grande maioria, um prazo de retorno compatível com as expectativas da maioria dos investidores, variando de um a cinco anos.

6. Possibilidade de escolher o tipo de empreendimento que quer investir

Para quem quer personalizar a carteira e investimento, as plataformas de crowdfunding imobiliários são essenciais. Com elas é possível escolher o empreendimento que melhor se encaixa com o perfil do investidor.

7. Alternativa de financiamento para PMEs

Para as pequenas empresas, restavam basicamente duas alternativas: o financiamento direto com os bancos ou a captação através de grandes investidores ou family offices. O crowdfunding imobiliário surgiu como alternativa democrática para que empresas de pequeno e médio porte tivessem a oportunidade de captar recursos para seus empreendimentos via oferta pública de valores mobiliários.

8. Um sucesso absoluto em outros países

O mercado de crowdfunding imobiliário já é uma realidade concreta em outros países. A CrowdStreet, uma das principais plataformas de crowdfunding imobiliário americanas, já conseguiu captar sozinha um total de US$ 200 milhões. Outras plataformas, como Fundrise, RealCrowd e RealtyShares também são exemplos de plataformas extremamente consolidadas no mercado americano. Além da Europa e da Ásia, que já tem exemplos positivos também.

9. O Brasil tem muito potencial de infraestrutura

Apesar de ser algo novo no Brasil, o crowdfunding veio para ficar! O Brasil possui várias possibilidades de desenvolvimento imobiliário, muitas das quais poderiam ser captadas através de plataformas de crowdfunding. O mercado imobiliário é um dos mais sólidos e tradicionais aqui no Brasil, por isso, precisamos investir em novas formas para fazer esse setor crescer ainda mais. Em 2019 será o ano da retomada e acreditamos que investir em plataformas de crowdfunding será uma grande tendência para essa retomada.

Redação

Published 8 months ago