Dia das Mães é grande oportunidade de retomada para o comércio brasileiro

24 days ago

Por: Carlos Silva

 

Todo mês de maio, milhões de pessoas em todo o mundo vão a shoppings, lojas e pontos de venda on-line pelo mesmo motivo: suas mães. O Dia das Mães, que acontece no segundo domingo do mês, é tradicionalmente uma das principais datas do comércio brasileiro, movimentando dezenas de bilhões de reais a cada ano; somente a receita das compras de Natal e da Black Friday eclipsam essa data.

No momento, empresas de diferentes segmentos já estão com campanhas nas redes sociais e as lojas virtuais e empresas de logística estão se preparando para enfrentar o aumento da demanda por presentes. Especificamente devido aos resultados não tão positivos de anos anteriores e às incertezas provocadas pelos efeitos do isolamento social devido ao COVID-19, em 2020, as empresas precisarão buscar mais informações e análises para criar estratégias mais precisas e ajudar atrair mais clientes.

Para ajudar 2020, a TransUnion – empresa global de soluções de informação e insights de dados, elaborou três dicas para que as empresas possam recuperar suas vendas no Dia da Mães:

1.     Planeje-se, planeje-se e planeje-se
Prepare-se para o Dia das Mães de 2020 com a maior antecedência possível, mesmo que a situação no momento não pareça promissora. Primeiro porque as mães merecem. E, segundo, porque os filhos e filhas não vão se esquecer de presentear as suas queridas progenitoras, mesmo durante o afastamento social, não é mesmo?

Uma ótima opção é buscar recuperar clientes inativos e, eventualmente inadimplentes (além do tradicional acionamento da base de clientes ativos) para que comprem especialmente através dos canais digitais. Abuse da criatividade na comunicação relacionada à data, ótimos produtos e condições especiais de pagamento.

A dica aqui é segmentar, priorizar, localizar e acionar consumidores com alto potencial de voltarem a ser seus clientes; encontrar mais consumidores com o perfil considerado estratégico para seus negócios; e apontar as suas capacidades de pagamento.

2.     Garanta a eficiência de uma estratégia omnichannel com dados confiáveis
Mídia programática, redes sociais, mídia impressa, rádio, TV, mala direta...as possibilidades são inúmeras para quem vai investir em campanhas de marketing e anúncios visando o Dia das Mães. Mesmo para quem tem o orçamento limitado. E a verdade é que não basta um bom produto e uma linha criativa bem pensada para conseguir encontrar e converter clientes. Interagir e cativar os consumidores onde eles estiverem é essencial.

Seja no modelo offline, online ou, o mais provável, omnichannel, sua estratégia precisa ser eficiente para que a mensagem chegue ao seu público-alvo da forma como foi planejada e traga aumento das vendas como resultado. Por isso, investir na atualização e no enriquecimento do cadastro de clientes com informações que permitam o acionamento em diferentes canais é essencial.

3.     Proporcione uma experiência de onboarding memorável
Já que o assunto é estratégia omnichannel, não há nada mais frustrante para quem vende do que apostar todas as fichas em atrair os clientes e não conseguir convertê-los. Seja por limitações dos canais de venda ou por processos muito restritivos de aprovação de novos cadastros.

Além disso, existem mais algumas medidas que as empresas podem tomar sobre facilitar essa experiência para os clientes. Preenchimentos automatizados, verificações eficientes, pagamentos facilitados, gestão de carteira e CRM, cross-sell, up-sell e ajuste de limites são algumas das soluções que a TransUnion pode trazer para o processo.

“Diante do cenário atual de incerteza no mercado devido à pandemia, a estrela do Dia das Mães deste ano será o comércio eletrônico, com uma participação crescente no faturamento total. Por esse motivo, entendemos que oferecer as ferramentas de dados, insights, análises e prevenção de fraudes necessárias para o ecossistema envolvido na jornada de compras dos consumidores é uma atitude vital para automatizar processos e melhorar a experiência desses clientes, sem abrir mão da segurança. Os métodos de pagamento, as empresas de comércio eletrônico e as instituições financeiras podem, por exemplo, atualizar ou confirmar o registro de seus clientes, além de acessar dados de integração que geram insights sobre consumidores que desejam ter seu crédito ou compra eletrônica aprovada”, avalia Marcelo Leal, diretor do ISG - Grupo de Soluções Inovadoras da TransUnion.

Comments?