DocuSign reforça sua aposta em Inteligência Artificial com aquisição da Seal Software

a month ago

Por: Redação

 

Com o acordo, a DocuSign potencializa o uso de Inteligência Artificial para o seu Agreement Cloud

Como reflexo do papel cada vez mais importante que a inteligência artificial (IA) desempenhará na transformação digital do processo de gestão de contratos, a DocuSign (NASDAQ: DOCU) anuncia hoje sua intenção de adquirir um dos principais fornecedores de análise de contratos e tecnologia de IA, a Seal Software, por 188 milhões de dólares (em dinheiro).

A notícia baseia-se na relação existente entre as duas empresas. A DocuSign já revende a principal aplicação de análise e machine learning da Seal como parte do DocuSign Agreement Cloud- seu conjunto de aplicações e integrações para automatizar todo o processo de contratos. A DocuSign também fez um investimento estratégico na Seal em março do ano passado.

Com a aquisição, a DocuSign pode integrar a tecnologia e a proposta de valor da Seal de forma mais abrangente em todo o Agreement Cloud - e, portanto, oferecer maior valor às empresas que procuram preparar, assinar, agir e gerenciar os acordos críticos em seus negócios.

Fundada em 2010, a Seal é reconhecida como pioneira na análise de contratos orientada por IA. Sua tecnologia permite pesquisar rapidamente grandes coleções de contratos por conceitos legais (e não apenas por palavras-chave); extrair e comparar automaticamente cláusulas e termos críticos lado a lado; identificar riscos e oportunidades de forma ágil e fornecer insights que ajudem a resolver desafios legais e de negócios.

"Como a companhia que detém o Agreement Cloud, a DocuSign está proporcionando a transformação digital da base de como se realizam os negócios: os acordos e processos que envolvem contratos", disse Scott Olrich, Chief Operating Officer da DocuSign . "Acreditamos que a IA desempenhará um papel vital nessa transformação. E ao integrar a Seal à DocuSign, podemos nos beneficiar de sua profunda experiência tecnológica e de sua ampla experiência na aplicação da IA aos contratos".

John O'Melia, CEO da Seal, acrescentou que o anúncio valida e amplia a visão fundadora da empresa. "A Seal foi construída para tornar mais simples e rápidos os processos para encontrar, analisar e extrair dados de contratos", disse ele. "Temos uma sinergia natural com a DocuSign, e nossa equipe está animada para aproveitar nossa experiência em IA e ajudar a tornar o Agreement Cloud ainda mais inteligente". Além disso, dada a escala e a visão expansiva da empresa, fazer parte da DocuSign proporcionará grandes oportunidades para nossos clientes e parceiros".

Atualmente, existem muitas instâncias dentro das empresas que já percebem os benefícios da inteligência artificial da Seal em seus processos de contratos. Por exemplo, uma grande multinacional de serviços de informação reduziu o tempo gasto em revisões de cunho legal em 75% graças às tecnologias DocuSign e Ocean. Já uma empresa empresa internacional de telecomunicações, sediada na EMEA (região que contempla Europa, Oriente Médio e África), reduziu o tempo de revisão legal dos contratos de clientes em mais de 80%. Um líder global de serviços financeiros automatizou a análise de mais de 2.600.000 pontos de dados contratuais em acordos com fornecedores de insumos críticos. E um fornecedor global de aviação analisou mais de 25.000 contratos em apenas cinco dias úteis, como parte de uma reestruturação corporativa.

Após o fechamento do acordo de aquisição, a DocuSign continuará vendendo o aplicativo de análise da Seal como um aplicativo independente. A tecnologia também integrará e ajudará a alavancar a ferramenta DocuSign CLM, oferta de gerenciamento de ciclo de vida de contratos, lançada no final do ano passado. A iniciativa ajudará o DocuSign CLM a categorizar automaticamente cláusulas, extrair seus principais termos e usar essas informações para direcionar fluxos de trabalho, como por exemplo rotear automaticamente o conteúdo para revisores específicos, com base na análise de risco e nas políticas corporativas.

Para os clientes da DocuSign, esses recursos significarão processos de contrato mais rápidos e eficientes. Os clientes da Seal, por sua vez, se beneficiarão de um acesso mais profundo a todos os recursos do DocuSign Agreement Cloud, especialmente para geração de documentos e fluxos de trabalho avançados.

Além do CLM, a DocuSign espera que a tecnologia da Seal torne mais inteligente a base de AI do Agreement Cloud. Construído a partir da aquisição da Appuri, startup de machine learning adquirida pela DocuSign em 2017, essa fundação oferece suporte a recursos como tageamento automático do documento, já oferecida na plataforma da DocuSign. Por exemplo, as ferramentas de tageamento automático usam a IA para detectar automaticamente onde colocar etiquetas eletrônicas em um contrato, datas e outros campos - uma tarefa que, anteriormente, exigia esforço e julgamento humano. A tecnologia da Seal adicionará uma nova gama de recursos de IA, impulsionada pelo processamento avançado de linguagem natural, análise de texto e análise semântica.

De acordo com os termos do contrato, a DocuSign adquirirá a Seal por US$ 188 milhões de dólares em dinheiro (valor líquido das ações atualmente de propriedade da DocuSign), sujeito a ajustes habituais no preço de compra. A aquisição foi aprovada pelo conselho de administração da DocuSign e Seal e também pelos acionistas da Seal. Sujeita às condições habituais de fechamento, incluindo a expiração do período de espera nos termos da Hart-Scott-Rodino Antitrust Improvements Act, a aquisição deverá ser finalizada no primeiro semestre do atual ano fiscal da DocuSign.

A Seal será apresentada na conferência anual de clientes, parceiros e desenvolvedores da DocuSign, o DocuSign Momentum, que será realizado em 4 de março, em San Francisco. Para mais informações, visite https://momentum.docusign.com. E para saber mais sobre as duas empresas, visite o site www.docusign.com.br ou web site da Seal www.seal-software.com

Comments?