You've successfully subscribed to Polinize
Great! Next, complete checkout for full access to Polinize
Welcome back! You've successfully signed in
Success! Your account is fully activated, you now have access to all content.

Educação Infantil tem maior dificuldade no ensino virtual

Crianças até 5 anos exigem interação e atividades mais lúdicas, o que exige auxílio dos pais em casa e os novos formatos de vídeo. Iniciativa para o ensino público traz uma solução com tutorial para os pais.

Como aulas on-line , formato adotado por muitas escolas e redes de ensino nessa fase de isolamento social, são especialmente difíceis para crianças de até 5 anos, público da Educação Infantil, que exige formas lúdicas e diferenciadas de aprendizado e maior interação na realização das atividades.

Uma psicopedagoga Rita Schane, supervisora ​​pedagógica do Sistema Aprende Brasil, concorda que o período de pandemia impõe uma aplicação de ensino e família, mas ainda assim acredita que é possível praticá-lo em casa. “Um BNCC apresenta uma interação e como brincos como eixos estruturados do processo de aprendizagem infantil. Por meio de aulas remotas, disponibilizadas por vídeo, é possível estimular como brincadeiras, a partir de situações domésticas e vividas em casa, promovendo uma interação de crianças com familiares e, ainda assim, resgatar como memórias afetivas que elas têm espaço escolar e fazer o que existe aprendem. Esse é o formato possível, nesse momento, a partir das orientações de prevenção do Covid-19 ”, explica.

A maior dificuldade, segundo especialistas, mostra para adultos os objetivos pedagógicos de atividades simples, como colocar garrafas em uma garrafa pet, por exemplo. "Alguns pais podem achar uma besteira. Outros pensam que o objetivo é apenas matemático, para aprender a contar. Poucos que uma atividade tão simples pode ajudar de forma importante na coordenação motora da criança - ou que não diz respeito aos números de uso para escrever , sem momento de alfabetização ", explica o educador Paulo Tomazinho.

Ou seja, na Educação Infantil, é preciso que os pais entendam os objetivos pedagógicos de cada atividade e dediquem tempo para praticar com as crianças. Esse público infantil não consegue aprender sozinho, em frente a uma tela. Com o intuito de ajudar os pais e buscar soluções para esse público, o Sistema de Ensino Abril Brasil criou um roteiro específico de aulas e disponibilizou no YouTube. Carlos Henrique Wiens, coordenador de avaliação de áreas de sistema ou projeto de visto para uso de conteúdos musicais. “Toda a proposta foi criada pensando em criar uma criatividade com várias temáticas que exploram ou que a família tem em casa. Alguns controles de equilíbrio, núcleos e coordenação, por exemplo ”, conta.

Além da Educação Infantil, o Aprende Brasil disponibiliza aulas para todos os anos do Ensino Fundamental e traz conteúdos de todos os componentes curriculares. Os vídeos têm duração de 5, 10 ou 15 minutos e, em alguns casos, contaminação com materiais de apoio em PDF. Todo o material é gravado por professores do Colégio Positivo e especialistas do Aprende Brasil e está disponível gratuitamente no YouTube.

Sobre o Aprende Brasil

O Sistema de Ensino Aprende Brasil oferece às redes municipais de educação uma série de recursos, entre eles: testes, sistema de monitoramento, ambiente virtual de aprendizagem, assessoria pedagógica e treinamento continuado para professores, além de material didático integrado e diferenciado, que estuda para o melhor aprendizado dos alunos da Educação Infantil aos anos finais do Ensino Fundamental. Atualmente, o Aprende Brasil atende 243.000 alunos em 199 municípios brasileiros. Saiba mais em http://sistemaaprendebrasil.com.br/ .

Top stories in your inbox!