Sobre Newsletter Torne-se um polinizador Mural de vagas Eventos Politalks Polissocial
Sign-in
/ Edtech

eduK aposta em conteúdo sazonal para aumentar base de alunos cadastrados

  • Felipe Mendes

    Felipe Mendes

    Felipe is our journalist at Polinize. We are committed to helping all stakeholders understand why, when and how technology can - and cannot- support better them.

    More posts by Felipe Mendes.
    Felipe Mendes

Aproveitar as datas comemorativas para oferecer aos alunos a oportunidade de ganhar um dinheiro extra.

Com essa visão, a eduK busca ainda mais espaço no mercado de educação online. Às vésperas da maior festa popular do país, o carnaval, a empresa convidou seus alunos a realizarem cursos para preparação de fantasias ou de maquiagem, por exemplo. E não para por aí. O feriado de Páscoa, por exemplo, também traz boas oportunidades.

“Usamos temas atuais para que nossos alunos tenham a oportunidade de ganhar dinheiro fazendo aquilo que aprenderam com nossos cursos em um curto espaço de tempo. Por exemplo, em janeiro e fevereiro ensinamos cursos que tenham a ver com a Páscoa, pois assim dá tempo do aluno aprender, colocar em prática e lucrar”, explica Eduardo Lima, Fundador e CEO da startup.

Lima celebra os bons números da empresa, fundada em 2013 em um escritório de 155 m². Hoje a estrutura está distribuída em um prédio de 3 mil m², com 4 andares, 10 estúdios de gravação, mais de 140 profissionais e o reconhecimento como uma das startups mais inovadoras da América Latina, segundo a revista Fast Company.

O catálogo da eduK, hoje, conta com mais de 1.300 cursos, totalizando mais de 20 mil horas de produção transmitidas. São mais de 600 instrutores, 120 mil alunos assinantes e 4 milhões de usuários. Os alunos podem ter 7 dias de acesso grátis ou adquirir um dos três planos de assinatura.

“Temos muitos cases de alunos que comprovam a efetividade dos nossos cursos on-line. São pessoas que aprenderam com nossos cursos, abriram seu próprio negócio e hoje vivem da sua paixão. O perfil do nosso público confirma a queda no preconceito por educação à distância. Os assinantes eduK não fazem parte da geração mais engajada com internet, mas, mesmo assim, percebem que são capazes de aprender via internet e colocar em prática”, aponta Eduardo Lima.

“A disponibilidade dos nossos cursos surge de acordo com a necessidade dos alunos. Todos os assuntos que falamos são temas que estão constantemente se atualizando, por isso, temos uma equipe especializada em conteúdo que fica atenta à essas atualizações e sempre buscam os melhores experts de cada área para levar ensino de qualidade ao assinante eduK”, complementa o CEO.

Felipe Mendes

Felipe Mendes

Felipe is our journalist at Polinize. We are committed to helping all stakeholders understand why, when and how technology can - and cannot- support better them.

Read More
eduK aposta em conteúdo sazonal para aumentar base de alunos cadastrados
Share article