Embratel anuncia investimento de R$ 30 milhões em Edge Computing

by Fabiele Fortaleza | 2 min read

Aporte ampliará infraestrutura tecnológica para empresas em todo o País

A Embratel anuncia o investimento de R$ 30 milhões na construção de infraestrutura de Edge Computing em 16 pontos do País. O expressivo aporte resultará em soluções modernas em Nuvem para empresas de diversas localidades do Brasil.

“Vamos oferecer o que há de mais avançado em soluções de computação na borda para empresas de todos os tamanhos e segmentos com esse investimento”, afirma Mário Rachid, Diretor Executivo de Soluções Digitais da Embratel. As ofertas serão direcionadas tanto para empresas que ainda não iniciaram o processo de transformação digital, quanto para aquelas que já digitalizam os seus negócios.

As soluções serão diversificadas para atender os mais variados setores, do financeiro até o de saúde, e serão lançadas ainda esse ano. A infraestrutura implementada estará presente em Pernambuco (PE), São Paulo (SP), Belo Horizonte (MG), Rio de Janeiro (RJ), Vitória (ES), Manaus (AM), Belém (PA), Brasília (DF) e Goiânia (GO). Outros pontos serão ligados na segunda fase do projeto, até o fim do ano.

O investimento está sendo alocado em Openstack, orquestrador, hardware de servidores, processamento, segurança e comunicação entre os pontos. A infraestrutura e capilaridade já existentes da Claro Brasil também serão aproveitadas.

“O uso do Edge Computing beneficia negócios que precisam de serviços com baixo tempo de resposta, como o agronegócio. Nos projetos já desenvolvidos pela Embratel no segmento, o tempo de resposta na comunicação com as equipes melhorou expressivamente”, explica Rachid.

A Embratel reforçou recentemente sua estratégia para Edge Computing, ao anunciar novas áreas de processamento e armazenamento de dados para a solução Connect Cloud, serviço de Nuvem baseado em Software Defined Network (SDN) e na plataforma Openstack. Agora, empresas contam com Nuvens nas regiões Sul e Nordeste do Brasil, além do Sudeste, para alocarem e gerenciarem seus dados. Com isso, a Embratel permite às companhias manterem suas aplicações e informações cada vez mais próximas dos seus clientes finais.

A Embratel já tem ampla experiência em Cloud Computing, com importantes licitações vencidas e projetos em andamento, como o fornecimento de Nuvem para o Tribunal de Contas da União (TCU). A Embratel também foi vencedora de licitação para prover Nuvem a 12 órgãos do Governo Federal, como Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão; o Ministério da Fazenda; o Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU); o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade); a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa); o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí; o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan); a Escola de Administração Fazendária (ESAF); o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICM-Bio); a Escola Nacional de Administração Pública (Enap); a Polícia Rodoviária Federal e a Agência Brasileira Gestora de Fundos Garantidores e Garantias (ABGF).

Para conhecer mais sobre o portfólio de soluções em Nuvem da Embratel, acesse www.embratel.com.br

Share twitter/ facebook/ copy link