You've successfully subscribed to Polinize
Great! Next, complete checkout for full access to Polinize
Welcome back! You've successfully signed in
Success! Your account is fully activated, you now have access to all content.
Embratel anuncia investimento de R$ 30 milhões em Edge Computing

Embratel anuncia investimento de R$ 30 milhões em Edge Computing

Aporte ampliará infraestrutura tecnológica para empresas em todo o País

A Embratel anuncia o investimento de R$ 30 milhões na construção de infraestrutura de Edge Computing em 16 pontos do País. O expressivo aporte resultará em soluções modernas em Nuvem para empresas de diversas localidades do Brasil.

“Vamos oferecer o que há de mais avançado em soluções de computação na borda para empresas de todos os tamanhos e segmentos com esse investimento”, afirma Mário Rachid, Diretor Executivo de Soluções Digitais da Embratel. As ofertas serão direcionadas tanto para empresas que ainda não iniciaram o processo de transformação digital, quanto para aquelas que já digitalizam os seus negócios.

As soluções serão diversificadas para atender os mais variados setores, do financeiro até o de saúde, e serão lançadas ainda esse ano. A infraestrutura implementada estará presente em Pernambuco (PE), São Paulo (SP), Belo Horizonte (MG), Rio de Janeiro (RJ), Vitória (ES), Manaus (AM), Belém (PA), Brasília (DF) e Goiânia (GO). Outros pontos serão ligados na segunda fase do projeto, até o fim do ano.

O investimento está sendo alocado em Openstack, orquestrador, hardware de servidores, processamento, segurança e comunicação entre os pontos. A infraestrutura e capilaridade já existentes da Claro Brasil também serão aproveitadas.

“O uso do Edge Computing beneficia negócios que precisam de serviços com baixo tempo de resposta, como o agronegócio. Nos projetos já desenvolvidos pela Embratel no segmento, o tempo de resposta na comunicação com as equipes melhorou expressivamente”, explica Rachid.

A Embratel reforçou recentemente sua estratégia para Edge Computing, ao anunciar novas áreas de processamento e armazenamento de dados para a solução Connect Cloud, serviço de Nuvem baseado em Software Defined Network (SDN) e na plataforma Openstack. Agora, empresas contam com Nuvens nas regiões Sul e Nordeste do Brasil, além do Sudeste, para alocarem e gerenciarem seus dados. Com isso, a Embratel permite às companhias manterem suas aplicações e informações cada vez mais próximas dos seus clientes finais.

A Embratel já tem ampla experiência em Cloud Computing, com importantes licitações vencidas e projetos em andamento, como o fornecimento de Nuvem para o Tribunal de Contas da União (TCU). A Embratel também foi vencedora de licitação para prover Nuvem a 12 órgãos do Governo Federal, como Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão; o Ministério da Fazenda; o Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU); o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade); a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa); o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí; o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan); a Escola de Administração Fazendária (ESAF); o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICM-Bio); a Escola Nacional de Administração Pública (Enap); a Polícia Rodoviária Federal e a Agência Brasileira Gestora de Fundos Garantidores e Garantias (ABGF).

Para conhecer mais sobre o portfólio de soluções em Nuvem da Embratel, acesse www.embratel.com.br