polinize, state of tech.

#beenews


Agrotech Autotech Co-working E-commerce Edtech Energia Eventos Foodtech Games Healthtech Lawtech Mediatech Serviços

Happy Code: Escola de programação quer formar os próximos gênios do mundo

Em 12 meses, a instituição cresceu de duas unidades para 75 franquias no Brasil e em Portugal

Por Naiara Araújo

Quando se fala em uma escola de programação para crianças, o mais lógico é pensar que o grande objetivo é transformar os alunos em futuros programadores. Porém, a Happy Code mostra que a missão da instituição de ensino vai além disso. Com uma capacitação simples e divertida, eles prezam pela educação de qualidade e apostam na formação de futuros gênios.

“Queremos tornar nossos alunos protagonistas do mundo que surge repleto de desafios e onde a tecnologia assume lugar de destaque. Verdadeiros cidadãos digitais, conscientes do seu papel na sociedade, desenvolvendo habilidades sócio-cognitivas ”, diz Alexandre Luercio, diretor de vendas e marketing da Happy Code.

A escola atende alunos de 5 a 17 anos e foi criada com o propósito inicial de formar pessoas capazes de mudar o mundo, desenvolvendo o potencial humano por meio do ensino das competências digitais, como programação, robótica e digital arts. “Nosso grande sonho é que pelo menos um dos nossos alunos seja capaz de criar uma solução que impacte positivamente na vida de milhões de pessoas”, afirma Luercio.

No mercado há dois anos, o maior desafio da instituição de ensino tem sido convencer os pais da importância desse novo modelo de educação. “A grande maioria ainda não está atenta aos movimentos recentes da educação mundial, onde a tecnologia é o meio que permite uma revolução estrutural de altíssimo impacto”, explica o diretor de vendas e marketing.

A internacionalização do negócio da programação

Nos últimos 12 meses, o crescimento da escola foi surpreendente. De duas unidades, a Happy Code avançou para 75 franquias. Com isso, a marca está presente em todas as regiões do Brasil e também em Portugal: “Percebemos que há uma grande necessidade de mercado não apenas no Brasil mas em todo mundo, motivo pelo qual estamos ampliando a nossa presença internacional”.

A meta da empresa é continuar entregando inovação e para isso está abrindo um escritório no Vale do Silício, nos Estados Unidos, onde os produtos serão desenvolvidos. Outra novidade é que em breve devem estar abertas as primeiras unidades da escola na Espanha. “Por ser um mercado ainda muito recente, estamos aprendendo rapidamente a cada dia e transformando esses valiosos conhecimentos em produtos e serviços cada vez melhores”, avalia o diretor.

Tecnologia e educação nos próximos anos

Ao ser questionado sobre como esse modelo de educação deve avançar nos próximos anos, a resposta do diretor de vendas e marketing é democratização. Ele acredita que um número maior de alunos deverá ter acesso à esse tipo de ensino que prioriza a tecnologia.

“A criança que tem acesso a esse tipo de conhecimento, sem dúvida alguma, partirá com uma grande vantagem em relação às demais, visto que seu modelo mental estará sendo formado com base em princípios lógicos e seus horizontes serão muito maiores, podendo vir a aplicar os ricos conhecimentos adquiridos em diversos campos da vida”, afirma Luercio.



comments powered by Disqus

Receba notícias no seu email!



Copyright © 2018 - polinize, state of tech.
W3C optimized - CC License.