You've successfully subscribed to Polinize
Great! Next, complete checkout for full access to Polinize
Welcome back! You've successfully signed in
Success! Your account is fully activated, you now have access to all content.
Fintech realiza programa de educação financeira para crianças e adolescentes

Fintech realiza programa de educação financeira para crianças e adolescentes

O projeto Creditas Engaja já teve cinco edições entre 2018 e 2019

Aulas de história, português, matemática e até de física preenchem a grade curricular do Ensino Fundamental ao Médio das escolas brasileiras. Mas quantas instituições você conhece que oferecem educação financeira às crianças e adolescentes? Segundo um estudo da Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE), intitulado por Financial Education in Schools, o conhecimento de educação financeira na infância ajuda a formar adultos com noção de gerenciamento de riscos, ou seja, que evitam assumir dívidas incontroláveis - o que não vem acontecendo no Brasil, já que mais de 62 milhões de brasileiros fecharam 2018 com o nome sujo, segundo o SPC.

Pensando nisso, a Creditas, principal plataforma online de crédito com garantia do Brasil, criou em maio de 2018 o “Creditas Engaja”, um projeto social que visa ensinar crianças e adolescentes de 5 a 18  anos sobre educação financeira. Os voluntários são os próprios funcionários da fintech, que visitam ONGs e instituições com foco em crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social. Eles ensinam o básico de finanças usando dinâmicas, jogos e aulas. “Nós focamos bastante em ações mais lúdicas para as crianças. Explicamos para elas a importância de economizar para conquistar seus sonhos”, explica Camilla Pasquarelli, responsável pelo programa na Creditas. “Para os  adolescentes, oferecemos um conteúdo mais completo, ensinando planejamento financeiro e como se programar para alcançar seus objetivos.”

Em 2018, a Creditas, em parceria com a ONG Bem Gasto (que busca ajudar pessoas a administrarem melhor a sua renda), promoveu três ações que contaram com a ajuda de 44 voluntários e atingiram um público de 82 crianças e adolescentes. Em 2019, já foram realizadas duas ações, com 32 pessoas da fintech e uma média de 80 alunos impactados. A última ação aconteceu em abril passado no Instituto Brasileiro de Transformação pela Educação (IBTE), em São Paulo. “Nós queremos plantar uma sementinha para ajudar na vida financeira adulta deles. É uma ação social ligada ao negócio e propósito da Creditas”, finaliza Camilla.

Fundada em 2012, a Creditas nasceu com o objetivo de reduzir os juros no Brasil e reestruturar o endividamento das famílias, oferecendo um crédito de qualidade. A fintech trabalha com o crédito com garantia para conseguir oferecer taxas mais baixas, parcelas menores e mais tempo para pagar, e tudo isso de forma mais eficiente e barata com o uso intenso da tecnologia.

Sobre a Creditas

A Creditas é a principal plataforma online de crédito com garantia do Brasil e trabalha com dois produtos: o empréstimo com garantia de imóvel e o de veículo. Fundada em 2012 pelo espanhol Sergio Furio, a fintech tem o propósito de garantir o progresso financeiro dos clientes por meio de um crédito de qualidade, viabilizando projetos de vida e combatendo o mau endividamento. Essa modalidade de crédito é diferenciada porque oferece taxas mais baixas, parcelas menores, valores maiores e prazos de pagamentos mais longos. Seu DNA digital permite usar a tecnologia para escalar o negócio, otimizar processos e melhorar a experiência dos clientes – sem dispensar o atendimento personalizado, prestando consultoria e oferecendo educação financeira. Com sede em São Paulo, a Creditas conta com mais de 650 Tripulantes (funcionários) e já recebeu R$ 285 milhões em investimentos de fundos internacionais de Venture Capital. A empresa tem se destacado nos rankings da FastCompany, daCB Insights, do Love Mondays e do LinkedIn, sendo apontada como das fintechs mais promissoras do mundo.

Top stories in your inbox!