Future Summit discute tendências do mercado financeiro em painel com o BTG Pactual

a month ago

Por Ana Cláudia Ulhôa

Operando como banco de investimentos 100% digital desde 2014, o BTG Pactual se tornou o maior de seu setor na América Latina. Para contar um pouco dessa história de sucesso e realizar uma análise do mercado financeiro no país, o Future Summit irá receber a palestra do associate partner da BTG Pactual, Pedro Thompson. O evento realizado pelo Polinize, em parceira com a ESPM, acontece no dia 07 de novembro, a partir das 9h, no campus Álvaro Alvim, em São Paulo.

A história do BTG Pactual começou em 1983, quando foi fundada como uma distribuidora de títulos e valores mobiliários sediada na cidade do Rio de Janeiro. Ao longo dos anos, a instituição acompanhou as tendências do mercado e se transformou no maior banco do Brasil sem rede de agências. De acordo com Pedro Thompson, o que possibilitou essas mudanças e os resultados alcançados foi a opção por um plano de negócios aderente, um ambiente empresarial propício e pessoas dispostas a executar o que foi pedido.

Para quem sonha em obter sucesso em qualquer área do mundo dos negócios, o associate partner da BTG Pactual destaca que é preciso também manter duas coisas muito importantes em mente. “O principal para mim é engajamento. Você tem que acreditar no que você quer fazer. Além disso, você não pode ter medo de errar. Você precisa entender que o erro é parte que qualquer processo”, ressalta.

Pensando em quem deseja se aventurar no mercado de investimentos, Pedro lembra que é necessário ficar atento, pois essa área deve mudar radicalmente nos próximos cinco anos. Ele conta que existem três fatores para que ele acredite nessa alteração de realidade. O primeiro é que o país está vivendo um cenário de juro real mínimo, o que possibilita o surgimento de investidores muito mais ativos do antes.

O  segundo é o potencial que o Brasil possui para migração de tipos de fontes de renda. “Para você ter uma ideia, o mercado acionário hoje tem aproximadamente 1, 2 milhões de CPFs registrados na Bovespa, em detrimento de uma classe A e B que possuem cerca de 30 milhões de pessoas. Fazendo as contas ainda sobram 25 milhões, ou seja, tem muita oportunidade nesse caminho”, explica.

Por último, ele afirma que o acesso a informação também tem sido uma forte aliada no aumento do número de pessoas interessadas em realizar aplicações. “Hoje em dia você não precisa mais comprar um livro super tecnocrata ou ler artigos complicadíssimos para investir o seu dinheiro. O que não falta são mecanismos, canais interativos ou conteúdos especializados para todos os tipos de pessoas”.

Além de dar mais detalhes sobre o mercado financeiro no Brasil, Pedro conta que aproveitará o Future Summit para apresentar aos estudantes as oportunidades que o BTG Pactual oferece a quem deseja ingressar no setor, como os programas de formação de executivos, estágio e trainee. Ele também diz que abordará um pouco da sua trajetória profissional e as mudanças comportamentais relacionadas à tecnologia e agenda profissional. Os interessados em participar dessa e outras palestras podem realizar suas inscrições no link: www.futuresummit.com.br

Equipe Polinize

Published a month ago