You've successfully subscribed to Polinize
Great! Next, complete checkout for full access to Polinize
Welcome back! You've successfully signed in
Success! Your account is fully activated, you now have access to all content.
Futurecom 2018 aponta caminhos para a inclusão por meio de Internet das Coisas (IoT)

Futurecom 2018 aponta caminhos para a inclusão por meio de Internet das Coisas (IoT)

Capacitar, encaminhar, acompanhar e monitorar pessoas com deficiência para inserção no mercado de trabalho. Fazer a diferença, além de desenvolver a autonomia e independência destas pessoas e famílias, tem sido um dos maiores desafios para quem lida com este universo. No entanto, com a revolução tecnológica e a Internet das Coisas (IOT), a sociedade tem a oportunidade de se tornar cada vez mais acessível e garantir a inclusão daqueles que precisam, com qualidade de vida e autonomia. É nesse contexto que também vai atuar – e apontar caminhos – a 20ª edição do Futurecom – maior e mais importante evento de tecnologia e telecomunicações da América Latina, que será realizado pela Informa Exhibitions, entre 15 e 18 de outubro no São Paulo Expo, em São Paulo.

Durante essa edição totalmente renovada, o Futurecom irá realizar o Challange PcD Almaroma, uma maratona criativa (Design Jump), projetada com a missão de encontrar soluções para diminuir as barreiras para a participação das pessoas com deficiência na sociedade, facilitando o acesso ao mercado de trabalho, por meio da capacitação e empreendedorismo. A partir do mote “Como podemos aumentar a participação das Pessoas com Deficiência (PcD) no mercado de trabalho e na sociedade?”, a ideia é pensar melhores formas de aplicar novas tecnologias às Bicicletas-Café da Almaroma, criadas para promover a inclusão. O desafio poderá contemplar iniciativas para monitorar as atividades e os processos de venda e estoque, bem como analisar os dados de melhores pontos de venda durante suas jornadas de trabalho.

O projeto de inclusão social da Almaroma foi criado há pouco mais de um ano e atua na contribuição para a formação de jovens, acima de 18 anos, com deficiências. O projeto também está alinhado com a agenda de 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU), para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Instituição, que estabeleceu, em 2015, 17 compromissos e 169 metas, mantendo o equilíbrio para as áreas econômica, social e ambiental. Neste caso, a Almaroma está comprometida com quatro desses objetivos: erradicação da pobreza, educação de qualidade, trabalho e gente e crescimento econômico e redução de desigualdades.

Entre o público-alvo, contemplam-se estudantes de ensino superior das áreas de saúde, engenharia, administração, economia, direito, gastronomia e tecnologia; familiares de pessoas com PcD; profissionais de saúde; empresas de tecnologia inclusivas; pessoas interessadas no tema. Os times deverão ser compostos por pelo menos um profissional de saúde, um familiar de pessoas com deficiência e um profissional de tecnologia e demais interessados. As equipes formadas terão mentoria de profissionais com expertise em PcD, tecnologia emergentes, impacto social, inovação e empreendedorismo. As vagas serão limitadas a 40 participantes, para formação de times de três a cinco pessoas.

As três melhores entregas serão premiadas e apresentadas durante o Futurecom 2018, sendo contemplados os três primeiros colocados (1º, 2º e 3º lugares). Os critérios de avaliação serão coerência com os desafios propostos, aplicabilidade/ solução factível, grau de inovação, grau de impacto social e replicabilidade. A banca avaliadora será formada por um representante da Informa Exhibitions, por um familiar de PcD, por um profissional de saúde e representantes de algumas entidades.

“Nosso objetivo principal é envolver nossas atividades ao desenvolvimento social, apoiando o Projeto Almaroma, e abrindo possibilidades para a inclusão em um evento que tem visibilidade internacional e integra toda a sociedade por meio da tecnologia”, destaca Maurício Figueiredo, gerente de negócios do Futurecom.

O Futurecom 2018 terá em seu congresso oito auditórios, sendo três exclusivos para congressistas e cinco com conteúdo livre a todos os visitantes. Representantes de órgãos do governo, companhias, investidores e empreendedores terão a oportunidade de networking e de debater a influência que as novas aplicações, serviços, soluções, produtos e sistemas terão na sociedade.

Até o momento, estão confirmadas as seguintes presenças nesta edição: Juarez Quadros, presidente da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel); Gladstone Arantes Jr., technical leader of blockchain initiative, do BNDES; Bruno Ramos, diretor regional da UIT para Américas; Gabriel Contreras, presidente do Instituto Federal de Telecomunicaciones do México; Gabriel Lombide, presidente da Unidad Reguladora de Servicios de Comunicaciones do Uruguai; Sandra López, presidente da Junta Regulamentadora de Telecomunicaciones de Porto Rico; Pamela Gidi Masías, da Subsecretaría de Telecomunicaciones do Chile; e Germán Arias, diretor executivo da Comisión de Regulación de Comunicaciones da Colômbia. Confira toda a programação do evento pelo link: http://agenda.futurecom.com.br/grid/pt/15.

Serviço
Futurecom 2018 – 20 anos
Quando: 15 a 18 de outubro de 2018
Tours Guiados: de 16 a 18 de outubro (ponto de encontro ao lado do Press Center)
Onde: São Paulo Expo - Rodovia dos Imigrantes, km 1,5 - Vila Água Funda, São Paulo - SP
Informações: www.futurecom.com.br

Top stories in your inbox!