Garantindo experiência diferenciada, fintech desenvolve serviços financeiros voltados a empreendedores

2 months ago

O Nubank anunciou nas últimas semanas, após um aporte liderado pelo fundo americano TCV, que elevou seu valor de mercado aos US$ 10 bilhões (a mais valiosa da América Latina), que irá trabalhar com contas PJ (pessoa jurídica) para pequenas empresas. Mas, no Brasil, outras fintechs, como a Linker, também já estão aptas e preparadas para atender apenas este tipo de consumidor.

A plataforma de soluções financeiras focada no empreendedor acabou de ser lançada, prometendo cadastro simples, tarifas justas, atendimento efetivo e zero burocracia, como é de praxe com os grandes bancos. O diferencial das fintechs é correr na contramão das velhas práticas deste modelo tradicional.

O banco digital espera conquistar 2 mil novos clientes em 2019 e planeja oferecer ao empreendedor funcionalidades como cartão, cobrança e transferência, numa plataforma e aplicativo sem cobrança de anuidade ou taxa de administração. Seguindo este modelo, até o final de 2020, a plataforma espera atingir 20 mil novos usuários, um crescimento médio de 316%.

“Transferências em segundos, alterar limite do cartão de crédito com um clique, tirar dúvidas no chat e testar novas funcionalidades, entre muitas outras coisas, tudo na ponta dos dedos é tudo que queremos deixar à disposição dos nossos clientes”, diz David Mourão, cofundador do Linker.
Ingrid Barth e David Mourão são os fundadores da fintech Linker. (Foto: Divulgação)

Ele percebeu que essas facilidades não estavam disponíveis para quem queria abrir uma conta PJ, como ter acesso a um cartão de crédito, por exemplo, após voltar ao Brasil, depois de passar seis anos em Nova York, como gestor de investimentos no Itau Asset Management e na Vinci Partners.

Após constatar essa realidade do mercado, ele se associou a Ingrid Barth para fundar sua própria fintech.

“Não existe nenhuma solução financeira 100% dedicada ao empreendedor. Em qualquer lugar do mundo, o empreendedorismo é motor da economia, dá melhor condições de vida para as pessoas, traz inovação, empregos, cria indústrias e atrai investimento para o país. Se o empreendedor tem sucesso a cadeia inteira se beneficia”, reflete.

Experiência wow para empreendedores

Plataforma tem lançamento previsto para o último trimestre do ano. (Foto: reprodução)
Plataforma tem lançamento previsto para o terceiro trimestre do ano. (Foto: reprodução)

Com a transformação do mercado financeiro, os empreendedores esperam ter a mesma experiência que vivenciam como consumidores nas soluções para o seu negócio.

Comumente, o microempresário se vê refém de uma agência bancária para resolver seus problemas. “O gerente da conta PJ muitas vezes tem mais de 400 empresas na sua carteira e não sabe quase nada sobre os negócios que atende”, conta David.

“O empreendedor já enfrenta muitas dificuldades para operacionalizar o seu negócio e ser bem atendido nas questões financeiras é essencial para ele ter sucesso”, afirma Ingrid.

O Linker entende que tempo é essencial no atendimento, e busca solucionar qualquer problema da forma melhor e mais rápida possível, para que o empreendedor foque no seu negócio.

“Só conseguimos criar produtos efetivos se escutarmos as necessidades dos empreendedores. Investir em atendimento é investir em crescimento”, ressalta Ingrid, que já foi responsável pela área de PJ em um banco digital.

Recentemente, o Linker se juntou ao programa de Startup da Zendesk para construir um atendimento integrado e inteligente trazendo a revolução da experiência do cliente para o universo do empreendedor.

A solução financeira já roda em fase de teste e tem lançamento previsto para outubro de 2019. O cadastro para empresas interessadas já pode ser feito no site da plataforma.

Lucas Nascimento

Published 2 months ago