polinize, state of tech.

#beenews


Agrotech Autotech Co-working E-commerce Edtech Energia Eventos Foodtech Games Healthtech Lawtech Mediatech Serviços

Gestão pedagógica: modernização otimiza as tarefas dos professores

Sistemas ajudam a escola no acompanhamento dos alunos e geram dados pedagógicos

Por Naiara Araújo

Os professores que atuam na educação infantil e no ensino fundamental I, geralmente, encontram barreiras em relação ao acompanhamento do desenvolvimento pedagógico do aluno e à tomada de decisão. Muitas vezes, os pedagogos não têm dados consolidados sobre os avanços de cada turma ou aluno e acabam gastando tempo extra com tarefas que poderiam ser simplificadas com sistemas de gestão.

Em algumas instituições de ensino isso já é uma realidade. Uma das startups brasileiras que tem oferecido tecnologia de gestão pedagógica é a Eduqa.me. O objetivo da plataforma é otimizar o tempo e o trabalho dos professores e coordenadores, facilitando o acesso aos resultados das atividades aplicadas em sala de aula. Com isso, cada aluno tem um perfil, os dados podem ser compartilhados com pais e outros professores e o planejamento da semana pode ser acessado de qualquer lugar.

De acordo com Felipe Correia, fundador da Eduqa.me, todos os tipos de escolas têm demonstrado interesse em adquirir a plataforma, mas a adesão mais rápida é da escola privada devido a autonomia financeira que tem para adquirir novas ferramentas. “Atendemos algumas escolas públicas através da compra de professores ou coordenadores, ou seja, esses profissionais assinam nossa plataforma e passam a utilizar em sua rotina diária. É como se o professor levasse um instrumento de trabalho inteligente para seu dia a dia e com isso consegue exercer sua função melhor”, diz Correia.

Convencer as escolas é o desafio

Em 2015, quando foi lançada, a plataforma não teve uma boa aceitação. Segundo Correia, as escolas estavam convencidas de que a forma como faziam a gestão pedagógica era a correta. Porém, nos últimos anos, o cenário mudou e a tecnologia passou a ser vista com outros olhos. A plataforma tem mais de 300 novos professores cadastrados por mês e, segundo Correia, o número de visitantes do site ultrapassa 100 mil usuários mensais, enquanto que em 2015 esse número não chegava a mil.

“A tecnologia é um instrumento de trabalho e ela deve sim ser usada para resolver problemas reais que acontecem hoje na escola. É isso que estamos fazendo, não podemos continuar tomando as mesmas decisões e querer melhorias. A escola de hoje já está mudando e a tecnologia pode auxiliar trazendo menor dor no processo de mudança e ampliando o seu impacto positivo”, afirma o fundador da Eduqa.me.

Novidades da plataforma

Uma nova versão do sistema será lançada com o objetivo de apresentar para as escolas os dados pedagógicos que elas geram, mas que sem a tecnologia não teriam utilidade. “Também estamos trabalhando em um aplicativo que funcione offline para facilitar a utilização em todos espaços das escolas. Nossa meta é aumentar nossa base de clientes e trazer mais visitantes do site e do blog para dentro da plataforma”, afirma Correia.

Público-alvo: instituições de ensino e professores.
Tipo de solução: gestão pedagógica.
Modelo de cobrança: planos para escolas e para professores.



comments powered by Disqus

Receba notícias no seu email!



Copyright © 2018 - polinize, state of tech.
W3C optimized - CC License.