Glebba anuncia investimento de R$800 mil

a month ago

Por: Redação

 

Criada em 2017, fintech leva inovação para o setor imobiliário e oferece investimentos antes restritos somente a grandes investidores

A Glebba, fintech que faz crowdfunding de investimento para o setor imobiliário otimizando estrutura de capital para loteadoras e incorporadoras, acaba de receber aporte de R$800 mil, em rodada liderada pela Bossa Nova Investimentos, um dos fundos de venture capital mais ativos da América Latina. O investimento será utilizado para escalar ainda mais a fintech e aprimorar toda parte de tecnologia e marketing.

“Com essa captação, vamos investir em marketing e aprimorar nossa tecnologia para atrair mais investidores para a plataforma. Queremos que as pessoas vejam o setor de imobiliário como uma possibilidade de investimento rentável, atrativa e segura”, afirma Francisco Perez, Co-fundador e Head de Investimentos da Glebba.

Com uma interface 100% digital, a empresa, que é regulamentada pela CVM, diminui etapas burocráticas para a realização de investimentos. Lançada em 2017, a startup já captou mais de R$ 3 milhões, em quatro empreendimentos imobiliários espalhados por diferentes estados brasileiros.

“Apesar de muito representativo na economia imobiliária brasileira, o mercado de loteamentos ainda é desconhecido por muitos e praticamente inexistente na área de investimentos. Por isso, começamos olhar primeiramente para esse setor e, a partir do próximo ano, vamos oferecer esse tipo de investimentos também para os segmentos de incorporação e infraestrutura”, revela Perez.

Hoje, a Glebba oferece produtos nos quais o investidor não precisa de grandes quantias para aplicar o dinheiro. Na plataforma, ele consegue acesso a investimentos significativamente mais rentáveis do que produtos tradicionais, como os produtos de renda fixa.

Os investimentos por meio da plataforma funcionam assim: pode ser feito por pessoas com mais de 18 anos que tenham conta em qualquer banco e possuam interesse em investir em ativos imobiliários. O usuário realiza seu cadastro na plataforma e passa a ter acesso às ofertas e todas as informações a elas relacionadas. A partir daí, é só escolher uma das ofertas, informar o valor a ser investido e pronto. Em seguida, o investidor receberá em seu e-mail o contrato de investimento para assinatura eletrônica e um boleto para transferir o capital.  Além disso, ele pode acompanhar o desempenho do seu investimento pela plataforma. Ao final do prazo, o valor investido e rentabilidade serão retornados a conta bancária informada no cadastro.

João Kepler, Partner da Bossa Nova Investimentos, ressalta que o que despertou interesse no grupo de investimento na fintech é a inovação e a capacidade de aceleração que a startup proporciona para o setor imobiliário como um todo. “Eu sempre tive a Glebba no meu radar. Acompanhei a evolução do negócio e tenho muita confiança no time e acredito na solução em relação ao problema que resolvem. Eles operam em um mercado gigante, tradicional e muito carente de tecnologia e inovação, além de proporcionar investimento em produtos rentáveis a investidores que não tinham acesso a esses empreendimentos”, destaca o investidor.

Até o primeiro semestre de 2020, a fintech espera captar mais de R$15 milhões, em 12 empreendimentos. “Estamos confiantes que esse mercado vai continuar aquecido. Esse investimento significa muito para a Glebba, porque, além do aporte financeiro, irá somar a experiência dos investidores a nossa equipe”, destaca o head de investimentos da Glebba.

Sobre a Glebba:

Fundada em 2017 pelos empreendedores Francisco Perez e Maurício Carrer, a Glebba é uma fintech que faz crowdfunding para o setor imobiliário. Com uma interface 100% online, a empresa diminui etapas burocráticas para a realização de investimentos e é regulamentada pela CVM. Para saber mais sobre a startup ou investir, acesse: https://glebba.com.br/.

Comments?