You've successfully subscribed to Polinize
Great! Next, complete checkout for full access to Polinize
Welcome back! You've successfully signed in
Success! Your account is fully activated, you now have access to all content.
Hospital Alemão Oswaldo Cruz firma parceria com MedRoom para inovações em realidade virtual

Hospital Alemão Oswaldo Cruz firma parceria com MedRoom para inovações em realidade virtual

Segmentos tradicionais - como a saúde - se voltam ao universo das startups para criarem produtos de impacto na vida de pacientes e profissionais. Sempre na vanguarda, o Hospital Alemão Oswaldo Cruz acaba de firmar uma promissora parceria por meio de seu Centro de Inovação e Educação em Saúde com a MedRoom, edtech que usa VR e conceitos de gamificação no treinamento de universitários.

O Hospital incorporará a realidade virtual da startup como mais um recurso educacional no processo de ensino e aprendizado de estudantes de cursos técnicos e tecnológicos, graduação e pós-graduação da área médica e multiprofissional de saúde.

A ferramenta passa a ser utilizada para a exploração do corpo humano em 3D em aulas de anatomia e fisiologia da Faculdade e Escola Técnica do Hospital Alemão Oswaldo Cruz. Com a MedRoom, são visualizadas com grande realismo todas as partes do ser humano sem a necessidade do uso de cadáveres. Além disso, a estrutura interna de cada órgão pode ser ampliada, sistemas e órgãos podem ser isolados e examinados de qualquer ângulo.

“A inovação é um dos pilares do Hospital, e a parceria e na incorporação da tecnologia exemplificam a busca da Instituição em trazer um leque de possibilidades para enriquecimento da experiência do aluno, aliada à tecnologia, e agora por meio de uma metodologia tão ativa, dinâmica e imersiva. Além de desenvolver a prática médica e de profissionais da saúde, a realidade virtual da MedRoom será aproveitada tanto para educação quanto para conteúdo e treinamentos”, explica o gerente de Inovação e Educação Médica do Hospital Alemão Oswaldo Cruz, Dr. Gustavo Faibischew Prado.

O Hospital também visa a aumentar o acesso à realidade virtual da MedRoom por meio da produção conjunta de um escape game - jogo no qual o participante está imerso em um espaço e precisa solucionar charadas para sair - com temática de saúde.

“A realidade virtual ajuda na concentração, na visualização e no entendimento do corpo humano. Por isso, estamos muito animados de estar em um centro referência como o do Hospital Alemão Oswaldo Cruz e com os produtos que iremos desenvolver futuramente com a Instituição. Pensamos, inclusive, em integrar nossa solução a consoles de videogame para ampliar o acesso de professores, alunos e profissionais da saúde ao produto”, afirma Vinícius Gusmão, cofundador e CEO da MedRoom.

A startup também está presente em outras sete faculdades brasileiras, além de duas no México e uma no Paraguai.

Top stories in your inbox!