Sobre Newsletter Torne-se um polinizador Mural de vagas Eventos Politalks Polissocial
Sign-in
/ E-commerce

Indicadores que medem a integridade das informações de produto são essenciais no e-commerce

Por Larissa Sabatini*

Com soluções inovadoras e cada vez mais players envolvidos, o e-commerce é visto como um dos principais setores da economia nacional. Segundo projeção da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), a área deverá ter um crescimento de 15% em 2018, faturando R$ 69 bilhões, ante R$ 59,9 bilhões em 2017.

Esse crescimento e o aumento da concorrência fazem com que os gestores tenham cada vez mais necessidade de mensurar o desempenho de seus produtos no e-commerce. A melhor alternativa para que um varejista online evite essa situação é contratar serviços de distribuição de conteúdo que garantam a integridade das informações nas principais plataformas de comércio virtual do mercado, possibilitando que os gestores analisem os indicadores específicos de seus produtos em cada canal.

Dentre eles, existem alguns Key Performance Indicators (KPIs) de atuação da loja virtual que precisam ser analisados e medidos constantemente para garantir o crescimento do negócio. São eles: a receita total gerada pela loja, a taxa de conversão de compras, o tíquete médio, o índice de abandono de carrinho e a visão geral dos produtos, analisando se as descrições são precisas, se as fotos estão boas e se o conjunto do anúncio é capaz de sanar as dúvidas dos compradores.

Caso as marcas não façam o acompanhamento correto, a tendência é que os resultados de vendas caiam gradativamente devido ao impedimento em garantir a integridade das informações e, por consequência, a empresa perde a capacidade de avaliar se os dados no varejo seguem as diretrizes da sua marca, perdendo em conversões.

Para enriquecer a experiência de compra com metodologias mensuráveis, atuar com uma boa descrição de produtos pode ajudar. Em conjunto com boas fotos, geram esclarecimento e confiança para o consumidor, resultando em um maior número de vendas. Para isso, é importante que os lojistas consigam gerar engajamento. Segundo uma pesquisa realizada pela agência global Edelman Significa, o Brasil é o terceiro país do mundo com a população mais envolvida com as marcas. Ou seja, quanto maior o envolvimento, maior a proximidade do consumidor e a quantia de vendas.

Por último, é preciso entender quem é o seu público, o que deseja e como quer. Ao conseguir responder a todos esses pontos, o e-commerce conseguirá engajar e obter melhores resultados, fazendo com que no final todos saiam satisfeitos.

*Larissa Sabatini, é Gerente de Projetos da ISEE E-CONTENT SOLUTIONS, empresa especialista em gestão e criação de conteúdos de produtos para e-commerce.

Indicadores que medem a integridade das informações de produto são essenciais no e-commerce
Share article