Inteligência Emocional é a capacidade de identificar e gerenciar nossos próprios sentimentos para nos motivar, acalmar, alegrar etc., a fim de atingir nossa melhor performance e inspirar o mesmo em outras pessoas.
Esta habilidade é fundamental para empreendedores que pretendem atingir o sucesso.

Segundo Daniel Goleman, autor do best-seller “Inteligência Emocional”, a IE contém 12 competências.

São elas: autoconsciência emocional, autocontrole emocional, adaptabilidade, orientação para realização, otimismo, consciência organizacional, influência, coach e mentoria, gestão de conflitos e liderança inspiradora.

Mas uma é especialmente importante para empreendedores: a empatia.

A empatia é a capacidade de se colocar no lugar do outro, identificar os seus interesses e preocupações a fim de extrair pistas sobre o que ele pode estar sentindo e pensando.

Segundo o ex-engenheiro do Google e autor do livro Search Inside Yourself, Chade-Meng Tan, a empatia é uma das habilidades mais poderosas em relacionamentos interpessoais.

E ela pode ser cultivada através de uma simples premissa: basta você mentalizar que toda pessoa faz algo pois acredita que aquilo irá lhe trazer felicidade. Ninguém faz algo que lhe possa fazer infeliz. Seria conscientemente irracional. Portanto, para acessar a empatia, basta você praticar esta premissa.

Você pode ter conhecimento, energia e capital à disposição, mas é a empatia que fará de você um líder admirado capaz de motivar os seus colaboradores.
E serão eles quem irão trabalhar para levantar o seu negócio.

Além disso, a empatia irá lhe ajudar a estabelecer conexões com parceiros e a encantar clientes.

Em Search Inside Yourself, Meng diz que o bem é bom para os negócios.
“Se você, como chefe, é bom com seus funcionários, eles serão felizes, tratarão seus clientes bem, os clientes ficarão felizes e irão gastar mais.
Logo, todos ganham. Além disso, se você tratar todos com gentileza, eles gostarão de você, mesmo que realmente não saibam o porquê. E, se eles gostam de você, irão querer ajudá-lo a ter sucesso. Isso é bom para sua alma e é bom para sua carreira”, completa.

Portanto, se você quer ter sucesso no mundo dos negócios, o ideal é começar olhando para dentro de você mesmo.