Ironhack atinge 90% de taxa de empregabilidade entre alunos em 1 ano de operação no Brasil

a month ago

Índice alcançado pela unidade da Ironhack localizada em São Paulo está acima da média mundial (85%), que possui nove campus espalhados pelo mundo

Com a proposta de desenvolver e lapidar profissionais qualificados para a área da tecnologia, a Ironhack São Paulo completa um ano de operação com alta taxa de empregabilidade entre os seus formandos. Mais de 90% dos alunos conseguiram uma vaga de emprego no setor desejado, em até três meses após a conclusão do curso. O índice está acima dos 85% de média mundial da escola, que possui nove campus espalhados pelo mundo.

De acordo com Tiago Mesquita, general manager da Ironhack no Brasil, o resultado alcançado pela unidade brasileira é fruto do ensino imersivo, que forma programadores, designer de experiências e analista de dados preparados para o dia a dia do mercado de trabalho, aliado com a conjuntura do País que ainda possui alto déficit de talentos na área da tecnologia. “Existem casos de alunos que recebem duas ou três propostas logo após o término do bootcamp e ele precisa decidir pela vaga mais atraente e adequada ao seu perfil”, afirma.

Globalmente a Ironhack já formou mais de 3.000 profissionais em seus bootcamps de Desenvolvimento Web, UX/UI Design e Data Analytics, com duração de 10 ou 28 semanas. Somente em São Paulo, mais de 200 estudantes concluíram os estudos. “Os cursos são realizados principalmente por jovens que almejam conquistar rapidamente um emprego qualificado, sem a necessidade de se comprometer financeiramente com a mensalidade da universidade por quatro anos ou mais. Muitos profissionais interessados em dar um upgrade no currículo ou até mesmo mudar de carreira também estão se interessando pela proposta da escola”, explica.

Para cumprir a missão de oferecer bootcamps acessíveis para todas as idades e níveis de conhecimento, os inscritos têm acesso a uma plataforma on-line com mais de 60 horas de conteúdo sobre os fundamentos básicos do curso escolhido. A ação visa familiarizar e nivelar os conhecimentos da classe antes do início das aulas, além de facilitar a progressão do grupo.

No final dos bootcamps, o estudante ainda conta com o auxílio da Ironhack para se inserir no mercado de trabalho. A escola organiza uma semana de contratação (Hiring Week) onde os recrutadores de diversas empresas, em busca de profissionais na área da tecnologia, poderão conhecer e entrevistar os alunos recém formados. “A iniciativa visa possibilitar que os estudantes saiam encaminhados para uma futura vaga de emprego. Já para as organizações participantes, o benefício é conhecer novos talentos antes mesmo deles começarem a procurar oportunidades de trabalho. Sem dúvida, esse tipo de ação auxilia bastante no elevado índice de empregabilidade que a escola mantém”, conclui Tiago Mesquita.

Raphael Bueno

Published a month ago