You've successfully subscribed to Polinize
Great! Next, complete checkout for full access to Polinize
Welcome back! You've successfully signed in
Success! Your account is fully activated, you now have access to all content.

Livros digitais estimulam leitura de crianças e jovens

Estudo revelação com queda da leitura entre jovens. Projeto com livros digitais mostra resultados impressionantes em um mês

A pesquisa Retratos da Leitura no Brasil, realizada pelo Instituto Pró Livros, mostra que o país perdeu, nos últimos 4 anos, cerca de 4,6 milhões de leitores ativos, com a queda mais sensível apontada entre os leitores da faixa dos 14 aos 24 anos. Segundo a pesquisa, apenas 52% da população brasileira pode ser considerada leitora. Os inúmeros recursos tecnológicos e a exposição às telas que já fazem parte da rotina de adultos, crianças e adolescentes, podem estar entre as razões para essa queda. Um dos caminhos para evitar que isso aconteça é unir a tecnologia ao hábito da leitura. Uma parceria do Sistema Positivo de Ensino com a Árvore Livros, plataforma de leitura digital, mostra que a oferta de livros digitais pode sim ser uma boa estratégia.

Por meio da parceria, 500 livros digitais foram disponibilizados gratuitamente para 480 mil alunos e 44 mil professores de todo o país. Em pouco mais de um mês, foram registrados mais de 66 mil acessos à plataforma com quase 80 mil livros lidos. De acordo com a gerente pedagógica do Sistema Positivo de Ensino, Cleia Farinhas, os números comprovam a importância de oferecer as opções de leitura nas plataformas digitais, nas quais os jovens estão mais familiarizados. "Nossas crianças e jovens precisam ler muito. A leitura é uma macrocompetência. É por meio dela que os alunos desenvolvem funções executivas para a aquisição da linguagem e escrita. Aquele que lê muito, fala bem, escreve bem e adquire bagagem que lhe permite ter senso crítico e boa capacidade de argumentação", afirma Cleia.

A parceria oferece acesso aos livros digitais para ler onde e quando quiser, além de outros recursos disponíveis na plataforma, como ferramenta de indicações, trilhas de leitura, relatórios que acompanham o progresso dos alunos e concursos literários. As obras são catalogadas na plataforma de acordo com o ano escolar do aluno, permitindo que cada um acesse somente os títulos destinados à sua faixa etária. Um dos recursos da plataforma, a gameficação, ajuda a conquistar os alunos, tornando a prática da leitura ainda mais divertida para crianças e adolescentes.

De acordo com a professora de Literatura, Língua Portuguesa e Redação da Escola Maria Antonieta Cortes, em Além Paraíba (MG), Débora Montes da Cruz Carvalho, o uso da plataforma durante as aulas tem atraído a atenção dos alunos. "Eles abraçaram a proposta de uma forma impressionante e eu acredito que o fato de ser digital ajudou muito, porque estamos falando de uma geração que já é bastante tecnológica. A estratégia de gameficação tem ajudado demais porque incentiva a criança e o adolescente a ler a partir de um universo que já é familiar para eles, que é o dos jogos de videogame ou aplicativos", comemora Débora. A professora observa que com a plataforma muitos alunos que antes não liam com frequência estão se tornando leitores mais assíduos.

Para estimular os filhos em casa

Cleia ressalta que, para ser agradável e se transformar em um hábito, a leitura deve ser prazerosa. Para isso, o ideal é que o próprio leitor escolha os títulos que querem ler. "Geralmente, os gostos se assemelham bastante de acordo com a idade do leitor", afirma. Para ajudar os pais que desejam incentivar a leitura dos filhos em casa, listamos abaixo os títulos mais baixados por faixa etária:

4 a 5 anos

Bichos do jardim (Roseli Tuan)

O nariz do vovô (Eva Santana Bigas)

Era uma vez, uns três (Telma Guimarães)

Eu vou!  (Isa Mara Lando)

Muito prazer, bebê! (Ziraldo)

6 a 10 anos

Coisa de menina (Pri Ferrari)

Era uma vez, uns três (Telma Guimarães)

A árvore generosa (Shel Silverstein)

Chá de sumiço e outros poemas assombrados (André Ricardo Aguiar)

A grande fábrica de palavras (Agnès de Lestrade)

11 a 14 anos

O diário de Anne Frank em quadrinhos (Anne Frank)

Sulwe (Lupita Nyong'o)

Diário de uma garota nada popular - vol. 1 (Rachel Renée Russell)

Os detetives do prédio azul (Flávia Lins e Silva)

O pequeno príncipe (Antoine de Saint-Exupéry)

15 a 18 anos

O diário de anne frank em quadrinhos (Anne Frank)

Orgulho e preconceito (Jane Austen)

O auto da barca do inferno (Gil Vicente)

O mundo de dentro (Bruna Vieira)

Um cartomante (Machado de Assis)

Sobre o Sistema Positivo de Ensino

É o maior e mais tradicional sistema voltado ao ensino particular no Brasil. Com um projeto sempre atual e inovador, ele oferece às escolas particulares diversos recursos que abrangem alunos, professores, gestores e também a família do aluno com conteúdo diferenciado. Para os estudantes, são ofertadas atividades integradas entre o livro didático e plataformas educacionais que o auxiliam na aprendizagem. Os professores apresentam propostas de trabalho pedagógico focadas em diversas disciplinas, enquanto os gestores apresentam recursos de apoio para a administração escolar, incluindo cursos e ferramentas que abordam temas voltados às áreas de pedagogia, marketing, finanças e questões jurídicas.A família participa do processo de aprendizagem do aluno recebendo conteúdo específico, que contempla revistas e webconferências voltados à educação.

Top stories in your inbox!