Sobre Newsletter Torne-se um polinizador Mural de vagas Eventos Politalks Polissocial
Sign-in
/ Serviços

Mais de 90% das empresas brasileiras não aproveitam o marketing digital, segundo pesquisa

Iniciativas surgem no mercado para ajudar na divulgação de pequenos negócios, como a Lista Mais, plataforma com mais de 30 milhões de acessos e três mil clientes

O marketing digital é determinante para o correto posicionamento de uma empresa na internet e, consequentemente, para a geração de novos negócios para as companhias. No entanto, um estudo realizado pela Boston Consulting Group (BCG), em parceria com o Google, sobre “A Jornada Rumo à Maturidade Digital no Brasil”, apontou que 98% das empresas brasileiras não aproveitam o marketing digital. Além disso, somente 25% dos investimentos em marketing são direcionados para os canais digitais. A adoção de novas tecnologias nesse setor tem se tornado uma das características determinantes para a sobrevivência das empresas no mercado e tem motivado o surgimento de negócios dedicados a ajudar as pequenas e médias organizações, com a divulgação de suas marcas.

A Lista Mais - plataforma que conecta consumidores com empresas e profissionais, no momento da busca - é uma das iniciativas que surgiram no mercado, para ajudar as PMEs a ganharem mais visibilidade. Para João Paulo Gonçalves, empresário à frente do negócio, uma das principais dificuldades que as empresas enfrentam é o posicionamento da marca na internet, principalmente, em relação às pesquisas em buscadores. “O investimento em marketing digital é muito alto e os pequenos negócios são os mais prejudicados, pois não dispõem da verba suficiente para investirem nesse tipo de divulgação”, comenta.

A experiência da própria marca, que nasceu como uma lista telefônica e teve que passar pelo processo de transformação digital, além de reinventar o seu modelo de negócio, norteou a oferta de serviços criada para as pequenas empresas. “Quando migramos para o digital, fizemos uma análise do mercado e do ambiente tecnológico e descobrimos que um dos desafios das empresas era serem encontradas no momento da busca na internet. Porém, os pequenos negócios não conseguiam se posicionar nesse ambiente, em razão da falta de conhecimento e recursos para investirem”, explica Gonçalves.

O levantamento da BCG apontou ainda uma outra dificuldade das empresas, 44% delas funcionam sem nenhuma personalização em seus sites, ressaltando a necessidade de uma produção de conteúdo mais qualificada para a comunicação com o consumidor. Para Gonçalves, essa é mais uma falha de grande parte dos negócios. “Não basta estar na internet, é preciso ter um site de fácil usabilidade, que estabeleça uma conexão direta com o consumidor”, diz o presidente da Lista Mais.

A empresa oferece serviços para que pequenas e médias empresas, além de profissionais liberais, se posicionem estrategicamente na internet, melhorando a posição das marcas nos buscadores, por meio de sua plataforma, e ainda comercializa diversos serviços para a criação do perfil delas na internet. A Lista Mais funciona como uma espécie de market placepara PMEs, que precisam além de marcar presença no mundo digital, criar um relacionamento efetivo com seus clientes.

A marca oferece toda a estrutura necessária para a divulgação das empresas na web, como desenvolvimento de sites, anúncios patrocinados e criação de landing page na própria plataforma, produção de fotos e vídeos institucionais, softwares integrados com sistemas de geolocalização, além de comunicação direta com as empresas por meio de aplicativos como Facebook e Whatsapp, solicitação de orçamentos múltiplos, e contato via e-mail ou telefone. Os planos mensais custam a partir de R$ 129. Somente no ano passado, a empresa recebeu cerca de 30 milhões de acessos em sua plataforma, que conta com mais de três mil clientes ativos.

Sobre a Lista Mais - Fundada em 1999, a empresa surgiu como uma lista telefônica e, posteriormente, reinventou o seu modelo de negócio, se tornando uma plataforma que conecta consumidores com empresas e profissionais no momento da busca. Oferece serviços como produção de conteúdo, fotos e vídeos, criação de websites, e posicionamento das empresas em sites de busca. A Lista Mais conta com mais de 3 mil clientes e unidades em Presidente Prudente e Araçatuba. Somente nos últimos 12 meses, a audiência da plataforma alcançou 30 milhões de acessos, formada por pessoas que estão procurando informações para entrar em contato com empresas que estão no site. A empresa faturou R$ 7 milhões no ano passado e prevê movimentar R$ 8 milhões até o final do ano.

Mais de 90% das empresas brasileiras não aproveitam o marketing digital, segundo pesquisa
Share article