A Mandaê, empresa de tecnologia especializada em logística, acaba de lançar, em parceria com o E-Commerce Brasil, um dos principais portais do comércio eletrônico do País, a pesquisa “Logística na Black Friday”, com o objetivo de identificar tendências e dores das lojas online no evento, que acontece no próximo dia 23 de novembro de 2018.

“Acreditamos que os resultados que serão apurados vão ajudar o mercado a identificar as principais necessidades dos varejistas e, ainda, auxiliar na busca das melhores soluções que ofereçam uma boa experiência ao embarcador”, explica o head de produto da Mandaê, Douglas Cunha.
Segundo dados oficiais da Black Friday, no ano passado o evento movimentou mais de R$ 2 bilhões em vendas no País, além de gerar um aumento de consumo de mais de 10% entre os anos de 2016 e 2017. “Em datas como estas, que podem até duplicar a quantidade de encomendas enviadas em um único dia, os e-commerces devem ficar atentos, sobretudo, à logística. A alta da taxa de frete, por exemplo, é o principal motivo de abandono de carrinhos. Já o atraso na entrega e a falta de informações sobre a localização das compras são fatores que aumentam, e muito, as reclamações e a infidelidade dos consumidores”, aponta Cunha.

De acordo com o executivo, a Black Friday é uma época de grande visibilidade e giro de vendas. “Na sexta-feira de liquidação, as lojas vendem em média 10% a mais do que nos dias comuns. Com a grande popularização da Black Friday e o aumento significativo das vendas, fazer a pesquisa no período que antecede a campanha é o ideal”, finaliza.

É possível responder a pesquisa clicando aqui ou pelo link: https://pt.surveymonkey.com/r/7JF7J97