Plataforma revoluciona modelo de empréstimos entre pessoas físicas no Brasil

Criar conexões entre quem precisa de dinheiro e quem quer lucrar com investimentos diversificados. É com essa premissa que chega ao mercado a Mutual.club, marketplace de empréstimos entre pessoas. Lançada oficialmente em Janeiro de 2018, a plataforma proporciona rendimentos médio de até 60% ao ano, cerca de 10 vezes mais do que outras aplicações, como poupança, Selic ou CDB.

Fundada pelos empreendedores Leonardo Rebitte, Marciliano Freitas, Roberto Attuch e Victor Fernandes, a Mutual oferece benefícios para ambos os interessados. Os tomadores conseguem fazer uma solicitação em poucos minutos, totalmente online, com simplicidade, agilidade e juros menores do que em outras instituições financeiras. Por outro lado, os investidores contam com um score de crédito seguro que indica o risco daquele empréstimo, e uma rentabilidade maior que qualquer outra no mercado.

“Na Mutual o investidor é quase como um banco. Antes, somente instituições financeiras lucravam (e bem alto) com essa modalidade de investimento. Hoje, qualquer pessoa, por meio da Mutual, pode emprestar dinheiro legalmente e receber juros. O investidor, além de auxiliar a derrubar as taxas de juros cobradas pelos bancos, também ajuda pessoas comuns a alcançarem seus objetivos”, comenta Leonardo Rebitte, CEO da Mutual.

Todo o processo da Mutual é realizado por meio de algoritmos que conseguem avaliar mais de 400 fontes de informações do tomador, além de consultar o SRC (Sistema de informação de crédito do Banco Central), por isso a plataforma consegue gerar um score de crédito de nível bancário, que auxilia na tomada de decisão dos investidores. Após a análise, é gerado um score de A a F sobre a capacidade de pagamento do tomador. Se, por exemplo, ele tem um score F, há a possibilidade estimada de 50% de chance de não pagamento, já para um score A, a possibilidade estimada de não pagamento é de apenas 0,2%. O compilado de informações que chega ao investidor vai muito além do Serasa, por exemplo, pois a Mutual a partir de dados providos de empresas parceiras especializadas em análise de risco, realiza uma análise holística de comportamento, capital, entradas e saídas do tomador.

“Os investimentos não têm garantia, mas a Mutual provê inúmeras ferramentas não apenas para que a análise da oportunidade de investimento seja a melhor possível, como também possui ferramentas para que ocorra renegociações dos pagamentos entre o tomador e o investidor, além de realizar a cobrança extrajudicial, aumentando assim as chances do investimento ocorrer sem inadimplência”, afirma Marciliano Freitas, Co-fundador e diretor da Mutual.

E os números impressionam: nos dois primeiros meses de operação, sem qualquer investimento relevante de marketing, a Mutual recebeu mais de 1.100 investidores que emprestaram cerca de R$200 mil reais, com um retorno médio de 53% a.a. A empresa cresce 8 mil usuários por mês e a meta é atingir a marca de R$10 milhões em empréstimos concedidos ainda esse ano, impactando mais de 100 mil pessoas, entre tomadores e investidores.

Sobre a Mutual
Plataforma de empréstimos entre pessoas, a plataforma proporciona até 10x mais em rendimentos do que outras aplicações, como poupança, Selic ou CDB. Além disso, está disponível em IOS e Android, oferecendo facilidade e taxas mais baixas para quem busca um empréstimo. Em apenas três meses de operação, a Mutual já transaciona cerca de R$ 200 mil em empréstimos e tem até R$ 4 milhões em pedidos. A Mutual é um correspondente bancário da Parati Financeira.

Sobre Leonardo Rebitte
Leonardo Rebitte é graduado pela FGV em Administração com qualificação profissional em Recursos Humanos pela mesma Instituição, membro do CRA-RJ (Conselho Regional de Administração do Rio de Janeiro) com 20 anos de experiência em Tecnologia, Seguros, Cobrança e Serviços Financeiros, implementando tecnologias, processos e gerenciando projetos para: Citibank, American Express, Volkswagen, Embratel, Portugal Telecom...

Em 2016 fundou a http://mutual.club, a primeira plataforma a permitir o empréstimo entre pessoas através de Instituição Financeira. Recebeu vários prêmios e participações: Bradesco - InovaBRA, Santander Fintech Venture Days e Ciab Fintech Day 2016 and 2017 pela Febraban.