You've successfully subscribed to Polinize
Great! Next, complete checkout for full access to Polinize
Welcome back! You've successfully signed in
Success! Your account is fully activated, you now have access to all content.
Nita Alimentos garante produtividade com adoção de computação em nuvem

Nita Alimentos garante produtividade com adoção de computação em nuvem

Como a migração para o Binario Cloud Data Center possibilitou o aumento da disponibilidade do ambiente operacional da Nita Alimentos, resultando em mais produtividade

A Nita Alimentos é uma indústria nacional referência em produtos a base de trigo e que vem investindo amplamente na capacidade de produção, recursos humanos e tecnológicos. O objetivo da empresa é inovar com amplo estímulo a novas ideias. E foi assim que surgiu a necessidade de dar o próximo passo rumo à  transformação digital, que teve início com a adoção de computação em nuvem.

A empresa tinha sua operação alocada em um Data Center local que, apesar de muito bem organizado, demandava alto investimento em Capex, além da necessidade de atenção constante por parte do TI, o que reduzia  a produtividade da equipe técnica. Por utilizar sistemas robustos em suas atividades, as áreas de Negócios e Administrativo da Nita Alimentos demandam um ambiente estável, com alto poder computacional e baixa latência de rede.

Analisando o cenário, foi identificada uma baixa oferta de links de qualidade na região da Nita. Desta forma, o desafio de latência foi superado pelo uso de um link lan-to-lan, o que também garantiu maior segurança e simplicidade para a gestão. Como referência, a demanda computacional superava 60vCPUs, com mais de 10TB de dados armazenados.

Como o ambiente estava estável com a infra local, ficou definido como o primeiro passo da jornada para a nuvem a implantação do serviço de backup com armazenamento em nuvem, garantindo a persistência dos dados e mais segurança para as informações da empresa.

Dando continuidade à jornada, foram realizados testes de cópia das máquinas virtuais do ambiente local para a nuvem. Nesta etapa, foram encontradas falhas nos resultados e, com isso, foi adequado o plano de migração.

“Do ponto de vista técnico, o ambiente não possuía redundância física, pois as máquinas não compunham um cluster. Dessa forma, se algum hardware falhasse, todas as máquinas virtuais que rodavam sobre ele estariam inoperantes até a resolução do erro”, afirma João Victor Soares, arquiteto de nuvem da Binario Cloud.

Para garantir que o ambiente contasse com toda a eficiência e agilidade necessária, foi realizada uma mudança na abordagem em um trabalho de interação constante entre os times, resultando em um novo plano de migração que consistiu em:

  • Instalar novas máquinas com sistema operacional atualizado;
  • Instalar os softwares utilizados pelo cliente;
  • Iniciar a migração dos dados para a nuvem.

A equipe da Nita Alimentos esteve ativa no projeto, participando da coordenação dos envolvidos e dos terceiros. Já a equipe da Binario Cloud trabalhou no gerenciamento do projeto, intermediando e organizando as tarefas das equipes, além de atuar no suporte e na garantia da melhor entrega técnica para as máquinas, storage e rede, o que resultou na otimização de esforços e potencialização dos resultados.

Após seis meses da migração, Nita Alimentos conta com um ambiente maduro, seguro e resiliente

Desta forma, foi possível entregar um ambiente reconstruído e com mais maturidade, que não herda qualquer vício ou problema do ambiente anterior, trazendo maturidade ao ambiente, resultando em maior performance aos serviços, segurança para o ambiente e reduzindo o esforço da equipe, que pode voltar seus esforços a suportar o negócio.  

“Apesar do curto prazo, atuamos em conjunto para superar os desafios dessa mudança, que chamamos de jornada para a nuvem. A proximidade com a equipe da Binario Cloud foi sempre um diferencial nas soluções das questões, com bastante empenho dos times. A evolução do modelo computacional utilizado pela companhia trouxe também uma mudança cultural, principalmente na forma de entrega dos serviços de TI. Buscamos a melhoria constante na experiência do nosso cliente interno, entregando acesso aos sistemas computacionais de forma rápida, segura e com a mobilidade proporcionada pelas tecnologias. Hoje, após seis meses da migração, temos um ambiente maduro, seguro e resiliente. As entregas que foram o desafio do passado tornaram-se a realidade no nosso presente”, afirma Kleyton Maia, Coordenador de TI da Nita Alimentos.

A migração do ambiente da Nita Alimentos para a nuvem foi o primeiro passo no processo de transformação digital, fundamental para garantir o crescimento da empresa no segmento da indústria alimentícia. Hoje, toda sua infraestrutura produtiva está no ambiente de cloud, como resultado de um projeto completo de modernização da infra para uma solução segura e de alto nível.

Como continuidade do projeto, a equipe de infraestrutura da Binario Cloud trabalha visando aumentar o desempenho do ambiente como um todo, melhorar os níveis de RPO e RTO e apoiar a entrega de soluções que otimizem a operação da empresa.