You've successfully subscribed to Polinize
Great! Next, complete checkout for full access to Polinize
Welcome back! You've successfully signed in
Success! Your account is fully activated, you now have access to all content.
Parceria entre Tata Consultancy Services (TCS) e Centro Paula Souza já impactou cerca de 6 mil profissionais em São Paulo

Parceria entre Tata Consultancy Services (TCS) e Centro Paula Souza já impactou cerca de 6 mil profissionais em São Paulo

Ainda este ano serão criados cursos especiais para auxiliar na capacitação de pessoas com deficiência (PCDs)

A Tata Consultancy Services, empresa líder em soluções de negócios, consultoria e serviços de TI, e o Centro Paula Souza, instituição do Governo do Estado de São Paulo responsável pelas Etecs e Fatecs, comemoram o quarto ano de sua parceria que já impactou aproximadamente 6 mil estudantes em nível técnico, por meio da iniciativa Enable, e outros 40 em nível superior no estado de São Paulo. Para 2019, a união promete ainda mais novidades.

Em 2019 e até o momento, a TCS realizou processos de recrutamento de trainees nas Fatecs Osasco, Barueri e Carapicuíba, que geraram empregos para cerca de 107 estudantes. Nos próximos meses, a empresa espera contratar outras 40 pessoas para compor seu quadro no escritório de Alphaville. Além disso, recentemente, a Fatec Osasco recebeu Tushar Parikh, Country Head da TCS no Brasil e Head Latam para as áreas de Banking, Financial Services e Insurance, Novonil Bhattacharya, Diretor de RH da TCS para a América Latina, Saveeta Dsouza, Diretora de RH da TCS Brasil, além de representantes das Fatecs e do Centro Paula Souza, para um anúncio importante que irá enriquecer ainda mais a parceria entre as instituições e promover a transformação social: “a criação de cursos especiais para auxiliar na capacitação de pessoas com deficiência”.

A necessidade desta iniciativa no Brasil é bastante clara. De acordo com o último censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Brasil conta com 8,9 milhões de pessoas com deficiência entre 18 e 64 anos. Apesar disso, apenas 0,9% do total de carteiras assinadas no país são desses cidadãos e, segundo dados do Ministério do Trabalho, em 2016, apenas 418,5 mil PCDs estavam empregados no Brasil. A novidade promete inserir cada vez mais pessoas com deficiência no mercado de trabalho.

Além disso, em 2018, também a partir da parceria entre a TCS e a FATEC, foi lançado um curso de graduação de Design e Mídias Sociais, que já formou 40 estudantes em nível superior e tem como objetivo formar o profissional do futuro, pertencente à era do Business 4.0 (Inteligente, Agile, Automatizado e na Nuvem) - onde o digital passa a ser uma realidade em todos os setores das empresas. O curso reúne competências diversas, tais como programação, marketing digital, desenvolvimento de sistemas multimídia e mídias digitais, segurança da informação e análise de dados, além de planejamento estratégico, pensamento crítico e gerenciamento de marcas.

“Segundo o IDC Brasil, há hoje mais de 100 mil vagas não preenchidas em tecnologia no país. Para mudar este quadro, a TCS aposta no talento local, investindo fortemente na qualificação de mão de obra e preparação de profissionais para a era do Business 4.0, para que contribuam na condução de nossos clientes em suas jornadas de transformação digital”, afirma Tushar Parikh, Country Head da TCS no Brasil e Head Latam para as áreas de Banking, Financial Services e Insurance. “Isso só é possível por meio de parcerias com escolas e universidades, como as que estabelecemos e buscamos consolidar cada vez mais, como esta iniciativa de sucesso com o Centro Paula Souza”.

“Na TCS, os colaboradores são nossa maior força. Acreditamos e investimos bastante nos talentos brasileiros por meio de parcerias como a que temos com o Centro Paula Souza. Um DNA essencial de nossa cultura é fazer a diferença para a sociedade tocando vidas. Apenas nos últimos três meses, tivemos a oportunidade de impactar mais de 1,5 mil estudantes do nível técnico por meio da nossa iniciativa Enable e esperamos, até o fim do ano, focar nossos esforços na qualificação de pessoas com deficiência para que elas possam ser inseridas no mercado de trabalho o quanto antes”, conta Saveeta Dsouza, Diretora de Recursos Humanos para a TCS Brasil.

Top stories in your inbox!