You've successfully subscribed to Polinize
Great! Next, complete checkout for full access to Polinize
Welcome back! You've successfully signed in
Success! Your account is fully activated, you now have access to all content.
Pare com os alimentos industrializados a sua saúde agradece

Pare com os alimentos industrializados a sua saúde agradece

Os primeiros alimentos industrializados, foram as comidas em latas que serviram de refeição aos soldados na Primeira Guerra Mundial, estes não tinham tempo de cozinhar e necessitavam de um alimento que fosse para o campo de batalha sem estragar e ser perdido. A indústria alimentícia enxergou então, uma grande oportunidade de se promover com os enlatados, pois eram baratos de se produzir, podiam ser consumidos sem perca de tempo e possuíam uma validade superior aos alimentos naturais.

Nos dias atuais, é difícil encontrar uma família que não consuma produtos industrializados, estes ao passar dos anos foram se tornando cada vez mais populares, e a tecnologia utilizada apresenta diversos sabores, texturas e cores chamativas para agradar o público. Entretanto, “Os alimentos que não são naturais, podem possuir diversos compostos maléficos aos seres humanos, não incluindo em sua composição os sais e minerais, e vitaminas necessários. O sal em excesso, os açucares, as gorduras saturadas e até a mistura de pastas e molhos que são utilizados como saborizantes, podem gerar doenças e vícios”, explica a Chef, Patrícia da Paz.

As doenças causadas por esse tipo de alimentação ultra processada são:

- Obesidade;

- Doenças cardiovasculares;

- Pressão alta;

- Diabetes tipo 2;

- Anemia;

- Insônia e falta de ar.

Por isso, uma grande parcela da sociedade vem adotando as dietas naturais, que são compostas por frutas, vegetais, hortaliças, carnes magras e carboidratos compostos, substituindo o sabor dos industrializados de forma saudável e benéfica. “O sal, por exemplo, pode ser substituído pela salsinha, pelo alho e pelo coentro. O açúcar por sua vez, pode ser retirado das refeições, adotando-se o melado de cana, o açúcar de coco e frutas desidratadas”, comenta a Chef.

E ainda, quem nunca ouviu a expressão, “Está com vontade de doce? Coma uma maçã”. Essa prática é ótima, ela traz  saciedade ao cérebro, que recebe o doce da fruta e fica satisfeito. Manga, banana, uvas e laranjas também podem serem utilizadas como substituições.

E para quem não foge do chocolate, os meio amargos que possuem 70% de cacau, são mais saudáveis e indicados.

Patrícia finaliza, “As substituições podem ser feitas no dia a dia, gradativamente, importante é permitir a mudança. Muitas vezes por ser mais fácil abrir uma lata, as pessoas deixam de descascar uma fruta. Podemos acompanhar a sazonalidade dos alimentos, conforme a estação do ano e preços, assim temos acesso muito mais fácil aos alimentos frescos e de forma natural, o importante é cuidar da saúde do corpo e ter qualidade no viver”.

Serviço: Patrícia da Paz

Personal Chef

Cozinha Personalizada

Contato: 41. 99779-6086

Instagram:@chefpatriciadapaz

e-mail: dapazpersonalchef@gmail.com

Top stories in your inbox!