CEOs estão mudando prioridades para abraçar negócios digitais

by Fabiele Fortaleza | 3 min read

Crescimento, estratégias corporativas, TI e questões relacionadas a força de trabalho estão entre as prioridades de CEOs em 2018

Crescimento figura o topo da lista de prioridades de negócios de CEOs (Chief Executive Offices) em 2018 e 2019, de acordo com recente pesquisa com executivos seniores conduzida pelo Gartner, Inc., líder mundial em pesquisa e aconselhamento imparcial em tecnologia. No entanto, o levantamento apura que, à medida que se torna mais difícil atingir metas de crescimento, CEOs estão concentrando na mudança ou atualização da estrutura de suas companhias, incluindo compreensões mais profundos de negócios digitais.

“Apesar de o crescimento continuar sendo a maior prioridade de CEOs, houve uma significativa queda das menções este ano, de 58% em 2017 para 40% em 2018. Isso não significa que o CEOs estão menos focados no crescimento, mas a pesquisa mostra que estão modificando sua perspectiva de como obter isso”, diz Mark Raskino, Vice-Presidente do Gartner.

“A categoria ‘corporativa’, a qual inclui ações como novas estratégias, parcerias, fusões e aquisições, cresceu significativamente e se tornou a segundo maior prioridade”. Essas e outras tendências e tecnologias estratégicas que estão impulsionando a transformação digital estão sendo debatidas durante o Gartner Symposium/ITxpo 2018, que acontece em São Paulo até a próxima quinta, 25 de outubro.

O estudo Gartner 2018 CEO and Senior Business Executive Survey ouviu CEOs e executivos seniores no quarto trimestre de 2017, examinando questões de negócio, assim como algumas áreas da agenda tecnológica. No total, foram entrevistados 460 líderes de organizações com mais de US$ 50 milhões em receita anual.

TI continua sendo uma alta prioridade na terceira colocação, e CEOs mencionaram Transformação Digital em particular. A força de trabalho se tornou a quarta maior prioridade este ano, contra sétima posição em 2017. O número de CEOs mencionando a força de trabalho entre suas três principais prioridades aumentou de 16% para 28%. Quando questionados sobre as principais restrições internas ao crescimento, questões envolvendo colaboradores e talentos figuram o topo das prioridades. CEOs afirmaram que a falta de competência e talento da força de trabalho é o maior inibidor para o progresso dos negócios digitais.

CEOs reconhecem a necessidade para mudança cultural
Mudança cultural é um aspecto-chave para a Transformação Digital. A pesquisa Gartner CIO 2018 mostra que CIOs concordaram que essa mudança está entre as altas prioridades, mas apenas 37% de CEOs afirmaram que modificações significativas ou profundas na cultura são necessárias até 2020. No entanto, quando companhias com iniciativas digitais em curso são comparadas àquelas que não estão conduzindo nenhum processo, a proporção da necessidade de mudança cultura sobe para 42%.

“Os resultados dessa pesquisa mostram que se uma empresa possui uma iniciativa digital, então reconhece a necessidade para mudança cultura”, afirma Raskino. “As transformações culturais mais importantes que CEOs pretendem promover incluem aumentar a proatividade, a colaboração, inovação, o empoderamento e um implementar um modelo centrado no consumidor. Eles também valorizam uma mudança para um ambiente mais digital e centrado em tecnologia.”

Negócios digitais importam para CEOs
Executivos foram questionados se possuem alguma iniciativa de gerenciamento ou programa de transformação para tornar seus negócios mais digitais. A maioria (62%) informaram que sim. Do total de organizações representadas, 54% dos líderes afirmaram que o objetivos de seus negócios digitais é transformacional, enquanto 46% informaram que o objetivo das iniciativas é otimização de processos.

Como contexto, o uso da palavra “digital” por CEOs tem crescido de maneira estável. Ao descreverem suas cinco principais prioridades, o número de entrevistados que mencionaram a palavra “digital” pelo menos uma vez cresceu de 2,1% em 2012 para 13,4% em 2018. Essa atitude positiva em relação aos negócios digitais é apoiada por CEOs que continuamente pretendem investir em TI. Segundo o estudo, 61% dos entrevistados planejam investir em TI em 2018, enquanto 32% não pretendem fazer mudanças no orçamento e apenas 7% preveem corte de despesas.

Mais CEOs veem suas companhias como pioneiras em inovação
A pesquisa Gartner CEO 2018 mostra que a porcentagem dos entrevistados que acreditam que suas companhias é pioneira em inovação atingiu o patamar de 41% (ante 27% em 2013), enquanto 37% acreditam que suas organizações acompanham tendências com rapidez.

“CIOs deveriam aproveitar esse otimismo encorajando seus líderes de negócio a se comprometerem definitivamente com mudanças para negócios digitais”, recomenda Raskino. “No entanto, mudanças digitais superficiais podem ser perigosas formas de autoengano. O compromisso de CEOs precisam estar baseados em profundos fundamentos, tais como genuíno valor do consumidor, um conceito do verdadeiro modelo de negócios e economia disciplinada”, diz.

Share twitter/ facebook/ copy link