You've successfully subscribed to Polinize
Great! Next, complete checkout for full access to Polinize
Welcome back! You've successfully signed in
Success! Your account is fully activated, you now have access to all content.

Pesquisa indica que um terço dos entrevistados vão gastar mais no Dia dos Pais, mesmo com pandemia

Pesquisa da Toluna mostra que 53% das pessoas vão comprar presentes em lojas online; roupas, perfumes e calçados lideram lista

Mesmo em meio à pandemia de Covid-19 que tem obrigado muitos brasileiros a mudarem hábitos e refazerem planos, a maioria dos brasileiros vai celebrar o Dia dos Pais - e boa parte deles gastando mais com presentes, aponta uma  pesquisa da Toluna, fornecedora líder de insights do consumidor sob demanda.

Na pesquisa, realizada com 843 pessoas nos dias 29 e 30 de julho, foi constatado que a maioria das pessoas (67%) mudará a forma de comemorar o Dia dos Pais neste ano. Desta vez, 33% dos entrevistados vão comemorar em casa na companhia do pai e das pessoas que moram no mesmo local; 31% vão comemorar de forma virtual, através de conferência de vídeo com familiares; e 20% planejam visitar o pai. Além disso, 44% dos respondentes disseram que vão preparar um almoço especial, e 15% deles pedirão comida de restaurante através de aplicativos.

A crise econômica decorrente da pandemia aparentemente vai afetar pouco os gastos programados com presentes para o Dia dos Pais. Segundo a pesquisa da Toluna, 39% dos entrevistados devem gastar o mesmo valor que no ano passado com o presente, e 34% pretende gastar mais que em 2019. Por outro lado, 21% das pessoas responderam que gastarão menos este ano.

Quase 37% das pessoas entrevistadas pretendem gastar de R$ 101 a 300 reais nos presentes para o Dia dos Pais, e 30% responderam que gastarão entre R$ 51 e R$ 100. Levando em consideração o cenário criado pela disseminação do novo coronavírus, 64% das pessoas acreditam que as marcas tomaram as ações necessárias para promoção e venda de seus produtos.

Os produtos que lideram as listas de presentes são roupas e acessórios (60%), perfumes e cosméticos (36%), calçados (33%), equipamentos eletrônicos (15%) e ferramentas (13%). 53% dos entrevistados irão comprar os presentes em lojas onlines, 30% irão até o shopping e 12% pretendem comprar de autônomos ou pequenos comércios.

A pesquisa da Toluna foi realizada nos dias 29 e 30 de julho de 2020, com 843 pessoas das classes A, B e C, segundo critério de classificação de classes utilizado pela Abep – Associação Brasileira de Empresas de Pesquisa, onde pessoas da classe C2 tem renda média domiciliar de R$ 4.500 por mês. Estudo feito com pessoas acima de 18 anos, de todas as regiões brasileiras, com 3 pontos percentuais de margem de erro e 95% de margem de confiança.

Recentemente a Toluna passou por um processo de rebranding e tornou-se a marca principal e holding do grupo que conta também com a Harris Interactive e KuRunData. As três empresas têm um histórico de fornecer insights sob demanda para muitas das principais empresas, agências e organizações do mundo, empregando 1.500 pessoas em 24 escritórios em seis continentes. Com 20 anos de inovação, a Toluna reforça sua visão contínua de democratizar a pesquisa de mercado.

Link para a pesquisa completa: http://tolu.na/l/f6WQq42A

Sobre a Toluna

A Toluna fornece insights em tempo real sobre os consumidores na velocidade da economia sob demanda. Ao combinar a escala global e a experiência local com tecnologia inovadora e design de pesquisa premiado, ajudamos os clientes a explorar o amanhã, agora. A Toluna é a empresa controladora da Harris Interactive Europe e da KuRunData. Juntos, nos esforçamos para levar o campo da pesquisa de mercado para um amanhã melhor. Para mais informações, visite tolunacorporate.com.

Mais informações para a imprensa:

toluna@sherlockcomms.com

Top stories in your inbox!