Sobre Newsletter Torne-se um polinizador Mural de vagas Eventos Politalks Polissocial
Sign-in

Ping Pong do Polinize: Educar 3.0

  • Polinize

    Polinize

    Nossa missão é dar às startups um espaço para compartilhar suas inovações, tornando-as acessíveis e conectadas

    More posts by Polinize.
    Polinize

O Ping Pong é um bate-papo rápido para divulgar iniciativas educacionais no Polinize! Essa publicação tem como objetivo aproximar as melhores empresas de educação do mercado.

Entrevistado: Flávio Ramos, Founder e CEO da Educar 3.0

Polinize – Qual é o grande objetivo de vocês ?

Flávio Ramos – Ser um “game changer” em educação transformadora, inclusiva e de impacto social, começando pelo tema de educação financeira, para crianças e jovens.

Polinize – Qual problema vocês identificaram na educação e buscam resolver?

Flávio Ramos – A educação financeira é um tema transdisciplinar (envolve fundamentos de matemática, ciências da natureza e humanas e linguagens) mas não trabalhado de forma sistemática nas escolas. Através de um game divertido e engajador, atraímos alunos e professores para um projeto em que se trabalha o protagonismo estudantil, a resolução de problemas baseado em projetos e a inclusão de temas de sustentabilidade, empreendedorismo e socioemocionais.

Polinize – Qual é o modelo de negócio de vocês? Quanto custa o serviço/produto?

Flávio Ramos – Trabalhamos o modelo de licenciamento (SaaS) por assinatura no modelo B2B, B2G e o preço varia de acordo com o desenho do projeto.

Polinize – Qual é o perfil dos clientes que procuram vocês?

Flávio Ramos – Instituições e Unidades de Ensino Básico, Editoras, Distribuidores de ODA, Empresas de Inovação em SW educativo.

Polinize – Quais são os seus principais diferenciais em relação à concorrência?

Flávio Ramos – Trabalhamos um modelo altamente inovador pelo referencial de design thinking, game-based learning, em que alunos protagonizam a construção de seu próprio aprendizado e conhecimento, na investigação de problemas reais, fortalecendo habilidades cognitivas e socioemocionais. O GBL é um recurso formidável no desenvolvimento de novas capacidades.

Polinize – Vocês estão no mercado desde quando? Quais foram os principais desafios até o momento?

Flávio Ramos – Desde 2015. O desafio maior é escalar a solução nas escolas do país, por região no Brasil e fora do país, através de parcerias com as quais já nos apoiamos.

Polinize – Até agora, qual foi a percepção que vocês tiveram sobre a aceitação do seu produto ou serviço no mercado?

Flávio Ramos – A percepção é muito boa. Alunos se divertem enquanto aprendem, a partir da experiência de jogo; professores se apoiam em material próprio da startup para conduzir atividades e planos de aulas, a partir das matrizes com os descritores do SAEB e propostas de avaliação. As escolas que aderem ao programa EduCash se beneficiam de uma estratégia de ensino mais personalizada, autônoma e colaborativa.

Polinize – Quais são as metas para os próximos anos?

Flávio Ramos – Desenvolver metodologia de avaliação por rubrica, criar data analytics e relatórios digitais de acompanhamento de performance do aluno com sistema de pontuação e ranking.

Polinize

Polinize

Nossa missão é dar às startups um espaço para compartilhar suas inovações, tornando-as acessíveis e conectadas

Read More
Ping Pong do Polinize: Educar 3.0
Share article