Pioneira em curso de capacitação feminina, ELAS fecha parceria com app Qranio

16 days ago

Trilha de Negociação Salarial é uma das opções disponíveis na plataforma

Segundo estudo feito pelo Instituto de Pesquisa Locomotiva, publicado em 2017, mais de 56% dos brasileiros estão insatisfeitos com seus salários ou empregos. O curioso é que, apesar do alto índice de insatisfação, apenas 29% deles buscam negociar uma remuneração melhor.

Essa tarefa é um desafio para muitas pessoas, porém, segundo a Glassdoor, as mulheres ainda possuem mais dificuldade que os homens com o tema. Em pesquisa com mais de 2 mil profissionais, a empresa identificou que 59% aceitaram o salário oferecido inicialmente e não negociaram, sendo que 68% das mulheres não buscaram negociar seus salários.

Pensando nisso, as empreendedoras Carine Roos e Amanda Gomes, fundadoras da ELAS , primeira escola brasileira de liderança feminina, fecharam parceria com o app Qranio, que possui mais de um milhão de usuários, para ajudar as profissionais a desenvolverem autoconfiança e adquirirem as ferramentas necessárias para que passem a buscar uma melhora em suas condições de trabalho.

"A parceria surgiu dentro do programa de aceleração do reality show ‘Planeta Startup’. Fomos provocadas a expandir nossa presença no ambiente digital, e a parceria com a Qranio veio para potencializar o que temos de melhor. Nós oferecemos um conteúdo relevante baseado no método proprietário da escola. Os usuários da plataforma têm acesso a isso de forma gratuita, de um jeito leve, divertido e que traz resultados", comenta Carine Roos, cofundadora da ELAS.

A trilha da escola no app da Qranio é denominada "Jornada da Autoconfiança". Dividida em duas fases, "Despertando a sua Autoconfiança" e "Negociação Salarial", os usuários completam as etapas como se fosse um jogo. Ao decorrer de cada nível elas assistem a vídeos feitos pelas cofundadoras e também recebem todo material oferecido pela escola para se prepararem para os testes do aplicativo e da vida real.

"A parceria vem como uma grande oportunidade de levar o nosso conteúdo vencedor de uma forma dinâmica e escalável dentro das empresas", completa Amanda Gomes, cofundadora da ELAS.

Fundada em agosto de 2017, a ELAS já impactou mais de 6 mil mulheres por meio de palestras, imersões e workshops. Também possui 600 alunas certificadas, sendo que 30% delas já foram promovidas ou receberam aumento salarial dentro de seis meses após participarem do Programa ELAS.



Sobre a ELAS:

Criado em agosto de 2017 e alinhado aos Sete Princípios do Empoderamento das Mulheres nas empresas defendida pela ONU, a ELAS (Exercendo Liderança com Assertividade e Sabedoria) é a primeira Escola de Liderança e Desenvolvimento voltada para mulheres que buscam assumir posições de destaque nas empresas ou na sociedade. Além de oferecer workshops, palestras e mentorias, a Escola se destaca por um curso exclusivo chamado Programa ELAS, sendo a formação mais completa e intensa da Escola de Liderança.

A Escola nasceu para promover mudanças rápidas e concretas na vida das pessoas e nos resultados das empresas, tendo como missão ser referência no desenvolvimento de mulheres no Brasil. A ELAS respeita a essência e o talento de cada aluna, garantindo uma medição do desempenho e da evolução pessoal promovido pelo treinamento.


Sobre Carine Roos:

Formada em Sociologia pela Universidade de Brasília e em Comunicação Social pelo Centro Universitário UniCEUB, Carine é especialista no desenvolvimento de mulheres há mais de dez anos. É co-fundadora da Escola ELAS, a primeira Escola de liderança feminina no Brasil e já treinou mais de mil mulheres ao longo de sua trajetória. Também é CEO da UPWIT (Unlocking the Power of Women for Innovation and Transformation ou Destravando o Poder das Mulheres para Inovação e Transformação), uma consultoria em inteligência e equidade de gênero e inovação. Foi consultora de instituições voltadas à tecnologia, comunicação e Direitos Humanos, como o Comitê Gestor de Internet (CGI.br), a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR), UNESCO, UNICEF, Ministério da Saúde entre outros.

É treinadora comportamental pelo Programa de Formação em Treinamento Comportamental (IFT), Master Training pelo Instituto Brasileiro de Coaching (IBC) e Training Trainers pela Sociedade Brasileira de Programação Neurolinguística (SBPNL), hipnoterapeuta Ericksoniana certificada pelo ACT Institute e especialista em análise comportamental DISC pela E-talent. Possui certificação internacional em Professional & Self Coaching pelo IBC e em Master Practitioner Pela SBPNL. É co-autora e editora do ebook: "Mulheres Líderes na Tecnologia: Como Promover a Equidade de Gênero e Reter Talentos nas Empresas".


Sobre Amanda Gomes:

Formada em Administração de Empresas e pós-graduada em Gestão de Varejo pela Fia USP - MBA Executivo pela Fundação Dom Cabral, Amanda tem mais de 20 anos de experiência no mundo corporativo exercendo funções de alta liderança em grandes empresas. Atualmente é CEO da AMG Inovação, uma boutique de treinamentos na área de liderança e desenvolvimento comportamental para empresas e mentoria para empresários.

É treinadora comportamental formada pelo Instituto Formação de Treinadores (IFT), especialista na área de análise comportamental DISC, Practitioner em Programação Neurolinguística, Life, Business e Career Coach formada pela Sociedade Brasileira de Coaching. Participou da formação UPW com Anthony Robbins nos EUA para aprimoramento em competências de empoderamento pessoal.

Autora do Ebook "As 10 Premissas Para Conquistar Autoridade no Ambiente de Trabalho", Co-autora do Livro: Atitudes de Alta Performance com o Coaching e idealizadora dos Programas de Desenvolvimento Líderes para a Vida e da Mentoria Líder Águia.

Redação

Published 16 days ago