Ploomes fatura R$ 5 milhões e espera triplicar receita em 2020

a month ago

Por: Raphael Bueno

 

Ploomes se destaca no mercado por disponibilizar sistema que possibilita controle de gestão para executivos e maior engajamento da equipe de vendas das indústrias; Empresa ajuda mais de 400 empresas do setor industrial a venderem mais

Idealizado por Vinicius Sampaio para auxiliar exclusivamente a indústria de seu pai no controle de orçamentos e propostas comerciais, e depois aperfeiçoado com a inclusão de relatórios de visitas de vendedores sugerida pelo pai de Matheus Pagani, que atuava em outra indústria, o Ploomes é exemplo de solução que foi concebida no primeiro momento para atender a demanda de familiares e, posteriormente, tornou-se a solução ideal para todo o mercado. Lançado oficialmente em 2015 após receber um investimento anjo, a empresa passou por diversas transformações em seu modelo de negócio, porém a grande virada ocorreu a partir deste ano quando seus esforços foram concentrados no atendimento de indústrias, distribuidoras e revendas no formato de software como serviço (SaaS).

Com o produto escalável, onde customizações são personalizadas de acordo com a necessidade de cada contratante, o Ploomes hoje possui em seu portfólio conceituadas indústrias, como Philips, Intelbras e Crown. No total, são mais de 400 clientes do setor em sua carteira - 150% a mais em relação ao início do ano passado. Com o vertiginoso crescimento, a empresa registrou R$ 5 milhões de faturamento em 2019, aumento de 250% em relação ao ano anterior. “Em 2020 projetamos triplicar essa receita. Para isso, vamos buscar uma rodada série B com objetivo de acelerar a nossa operação, investindo em melhorias no produto, agilidade na implementação de projetos, infraestrutura e equipe”, revela o CEO Matheus Pagani. No início de 2019, a Ploomes já havia recebido aporte de R$ 1 milhão do investidor Jander Martins, fundador da Mastersaf - software voltado para a área tributária.

Primeira plataforma do mercado que une funções estratégicas dos CRMs mais modernos com as peculiaridades operacionais de empresas industriais, o Ploomes garante o engajamento da equipe de vendas pelo fato de trazer, em um único local, ferramentas para criação automática de orçamentos e pedidos de vendas (CPQ), cadastro de clientes com segmentação avançada, histórico do cliente, integração com ERPs e funil de vendas com fluxo de trabalho, resultando na possibilidade de criação de regras para cada etapa de vendas, aprovações, automações de disparo de e-mail, criação de tarefas, etc. Além disso, o software é o único do país capaz de atender às complexas regras dos impostos brasileiros de forma nativa.

“O Ploomes atende as necessidades de gestores e vendedores ao mesmo tempo, integrando as operações, além de permitir o controle e tomada de decisões estratégicas baseadas em dados em tempo real. Com isso, resolvemos uma grande dor de mercado: a falta de visibilidade dos negócios, que persiste ainda em muitas empresas do setor industrial”, argumenta Pagani.

Ainda de acordo com o executivo, com a popularização dos softwares de CRM nas indústrias, a tendência é de que a produtividade do setor também aumente nos próximos anos. “Hoje diversas empresas industriais são geridas de maneira familiar. Obviamente, algumas delas são conduzidas por profissionais competentes, mas há também aquelas que ainda derrapam por não ter uma completa profissionalização. Queremos ajudar principalmente as companhias desse segundo grupo a implementar processos comerciais bem definidos e, consequentemente, ajudá-las a venderem mais”, conclui o CEO da Ploomes.

Dados coletados pela consultoria Gartner revelam que o mercado global de CRM cresceu 15,6% em 2018, movimentando mais de US$ 48,2 bilhões. O setor já ultrapassou o mercado de ERP e lidera o segmento de softwares corporativos. A previsão é de que esse mercado atinja US$ 80 bilhões até 2025 com a tendência de centralização das operações das empresas em torno do cliente (Customer Centric). O Gartner indica ainda que aproximadamente 72,9% dos investimentos em CRM, no ano passado, foram no formato de SaaS, e o índice deverá crescer para 75% do total das vendas de software de CRM neste ano.

Comments?