PME´s e startups pivotam para lidar com a crise do coronavírus

a month ago

Por: Priscila Tapajós

 

É fato que a pandemia do novo coronavírus tem impactando a saúde de muitos negócios, principalmente aquelas que não possuem grandes recursos financeiros para se manter, como as pequenas e médias empresas e as startups. Segundo o estudo Impactos do COVID-19 nos Pequenos Negócios, realizado pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), 89% dos empresários consultados já identificaram queda importante no seu faturamento mensal.

Por essa razão, muitos empreendedores estão alterando seus modelos de negócio a fim de adaptar seus serviços ou produtos para agregar valor à população sem perder a essência da empresa. Abaixo listamos alguns exemplos de startups que pivotaram e desenvolveram soluções para esse período de crise:

  • Noknox: Vizinho do Bem e O Adiantado

A startup que tem a missão de conectar pessoas aos seus locais de residência e trabalho criou duas plataformas externas com o intuito de ajudar a minimizar reflexos da pandemia. A primeira, Vizinho do Bem, liga pessoas que precisam de ajuda, por estarem nos grupos de risco, a pessoas da redondeza que queiram e possam ajudar de alguma forma. Já a segunda, chamada de Adiantado é uma plataforma que permite que os consumidores adquiram vouchers de produtos e serviços que já conhecem, pagando depois que a pandemia acabar.

  • Aya Tech: GY Antisséptico

A empresa acelerada pelo InovAtiva Brasil e que participou de dois ciclos do programa de internacionalização do Governo Federal, StartOut Brasil, é uma startup que desenvolve e fabrica produtos que cuidam da saúde e bem-estar de seus consumidores. Ela oferece soluções apropriadas para as mais diversas demandas do mercado industrial, seja ele têxtil, saúde, construção, hospitalidade ou do agronegócio, como Protetor contra Insetos, Bactericida e Fungicida, Impermeabilizante e Tecidos Inteligentes. Vendo a necessidade das pessoas se protegerem do coronavírus, a Aya Tech lançou o  GY, um antisséptico sem álcool para as mãos que auxilia na contenção do Covid-19. O produto tem 99,9% de eficácia contra as fungos, bactérias, vírus e demais micro-organismos, dentre eles: coronavírus, H1N1, HIV, Herpes, Citolomegavírus, Influenza A, Hepatite B, Pólio e Adenovírus. Ao borrifar na mão, o produto tem duração de seis horas.

  • Prova Fácil: Prova Fácil na Web

Operando há mais de sete anos no mercado de educação, a startup que se internalizou com o StartOut Brasil ciclo Boston já vinha se preparando para o cenário de mudança completa das avaliações para o online. Diante do impacto do coronavírus na população mundial, decidiu digitalizar e  disponibilizar gratuitamente sua solução para todas as Instituições de Ensino que hoje operam com mais de 3 mil alunos e encaram o desafio de dar escala às suas avaliações. Comprometidos em participar da construção de uma sociedade melhor, tornou gratuito também seu produto para professores, que possibilita a eles a aplicação de exercícios online a distância para seus alunos, com marcação de tempo e envio via WhatsApp.

  • Schoolastic: Reconheça-me

Destaque da categoria Educação do programa InovAtiva Brasil 2018.1, a Schoolastic é a primeira plataforma de Inteligência Artificial do mercado que identifica e monitora padrões de habilidades e competências de estudantes, desde a primeira infância, até o final de seu ciclo de desenvolvimento acadêmico. Neste momento de suspensão de aulas, a startup se mobilizou para impactar os estudantes por meio de suas famílias. Assim, criou em tempo recorde uma plataforma adicional, batizada de Reconheça-me, Por ela, os pais mergulham no universo das preferências cerebrais de seus filhos e compreendem como os padrões comportamentais impactam nas competências socioemocionais deles, podendo assim identificar as matérias que precisam de mais atenção. Esse serviço está sendo oferecido de forma gratuita.

Comments?