You've successfully subscribed to Polinize
Great! Next, complete checkout for full access to Polinize
Welcome back! You've successfully signed in
Success! Your account is fully activated, you now have access to all content.
Precificação em tempos de Covid-19

Precificação em tempos de Covid-19

Começando com uma pergunta simples: Você tem trabalhado no seu negócio considerando as perguntas e pedidos feitos pelos seus clientes?

“Era comum ver empresários (as) considerando o preço do seu serviço ou produto com base na média de preço da concorrência e isso pode ter gerado um fluxo de caixa pequeno ou inexistente para passar por essa crise que o COVID-19 trouxe, mas fique calmo, nem tudo está perdido e você não está sozinho.” Apresenta Núbia Dutra, gestora financeira da P+ Assessoria.

Existem algumas dicas práticas de como montar sua precificação, de forma rápida e simples, isto é também uma lição de casa que exige profundidade das informações usadas.

Em uma planilha ou folha de caderno, faça uma lista de quanto você possui de despesas, considerando tudo o que precisa usar, desde a fabricação do produto ou serviço, até a entrega do produto para o cliente.

Utilizando um exemplo de serviço de fotógrafo de eventos, que teve que repensar seu negócio pois não poderia haver aglomerações, ele oferece seu novo serviço e expertise para editar e montar álbuns de recordações, álbuns para presentear, montar quadros para reuniões e festas futuras, tudo isso com preço especial.

O que precisa ser considerado:

1) Horas estimadas para trabalhar nas fotos enviadas virtualmente pelos clientes (hora técnica);

2) Materiais de escritório que vai precisar para isso (pendrives com os álbuns virtuais para mandar entregar na casa do cliente);

3) Despesas com a entrega do material final ( Motoboy, Uber ou combustível para fazer a entrega);

4) de 15% a 20% dos seus custos fixos (aluguel, condomínio, água, internet, luz);

5) Não esquecer de considerar o imposto;

6 )Margem de lucro, que deve ser de 20% a 30% - avaliar essa margem de lucro de acordo com os retornos que tiver dos próprios clientes.

Com isso você pode ter o valor do seu serviço por hora e oferecer aos clientes, amigos, família e pedir indicações de quem já conhece seu trabalho!

“Por isto recomendamos que se faça uma análise das finanças da empresa e, a partir da identificação de custos, despesas e necessidades financeiras, elabore de forma sistemática sua precificação, garantindo que nada passe despercebido e não haja erro no fim da operação” finaliza Simone Teixeira, consultora da P+.

Serviço: Núbia Dutra e Simone Teixeira

P+ Assessoria e Gestão Financeira

(41) 99857 -5882 / (41) 99912 -9657

Email: contato@pmais.net.br

https://www.facebook.com/pmaisassessoria/

https://www.instagram.com/pmaisassessoria