You've successfully subscribed to Polinize
Great! Next, complete checkout for full access to Polinize
Welcome back! You've successfully signed in
Success! Your account is fully activated, you now have access to all content.
Quantum oferece metodologia inovadora para o futuro da educação

Quantum oferece metodologia inovadora para o futuro da educação

Com aplicativo e espaço físico, escola ensina empreendedorismo, tecnologia e habilidades do século 21 para crianças e adolescentes

As crianças nascidas a partir de 2010 constituem a Geração Alfa, a primeira que é 100% digital e que, portanto, vê o mundo por meio de telas. Para aprendizagem e educação, o processo não pode ser diferente. Além do desejo e da necessidade de aprenderem coisas com as quais outras gerações não tiveram contato, o modo de ensino também precisa ser ressignificado.

A partir disso, a edtech Quantum educa crianças e jovens para o futuro por meio de uma metodologia única, que engloba empreendedorismo, tecnologia e habilidades do século 21. Para as demais gerações, esses ensinamentos vieram por meio de cursos profissionais quando mais velhos, enquanto as crianças têm acesso mais novas e em formato mais didático e descontraído. Além disso, os pequenos de hoje em dia lidam com um cenário em que as mudanças e necessidade de adaptação do conhecimento são muito mais rápidas do que já foram um dia.

“Formar uma mente empreendedora desde criança faz diferença. Por isso, nosso intuito é que os futuros profissionais aprendam a pedir ajuda, desenvolvam projetos em conjunto, tenham pensamentos críticos respeitando opiniões e estejam preparados para receber e dar feedbacks”, ressalta Wellington Machado, fundador e CEO da Quantum.

O trabalho da escola envolve a aposta em metodologias ativas para o aprendizado, unindo a teoria com a prática. Stem, gamificação, sala invertida, TBL, storytelling e design thinking são alguns formatos nos quais a startup investe para tornar a aquisição do conhecimento mais prática e fazer com que os alunos coloquem as mãos na massa.

Ao todo, são três modalidades trabalhadas pela escola. A primeira, Space, é presencial e as crianças vão até a unidade física para ter aulas em laboratórios. Já a segunda é a Home oferece incentivo para as crianças aprenderem em seu próprio tempo por meio de atividades lúdicas e inclusivas no aplicativo disponível para download em Android e IOS. Por último, mas não menos importante, para Educadores e conta com programas voltados para pedagogos e escolas que buscam aprimorar o aprendizado dos alunos.

Já existem mais de 20 experiências oferecidas pela Quantum, entre as quais estão as trilhas Introdução à Lógica (5 a 7 anos),  Mundos do Autônomos (7 a 12 anos) e Introdução ao Empreendedorismo (a partir de 13 anos). “A grande atenção no desenvolvimento da soft skills, nessa nova era digital, é a  relação com as pessoas. E estamos cada vez mais trabalhando em conjunto e intermediados pela tecnologia”, finaliza o CEO da edtech.

Sobre a Quantum

Quantum é uma edtech focada em desenvolver o potencial humano ao transformar crianças e adolescentes, entre 4 e 18 anos, em profissionais do futuro. A escola acredita no poder da pedagogia e para isso une a educação gamificada com atividades práticas e onlines para ensinar empreendedorismo, tecnologia e habilidades dos século XXI. Por meio dessa metodologia própria e inovadora a startup já desenvolveu 20 trilhas com mais de 600 horas de aula.

Apoiadores e parceiros: LEGO Education (Mcassab), Unity (Plataforma de Desenvolvimento de Games), IBFE (Instituto Brasileiro de Formação de Educadores) e Draper University (Aceleradora do Vale do Silício).

Programa de aceleração: Elevate Hubspot.

Link app Quantum na  Google Play e Apple Store.