You've successfully subscribed to Polinize
Great! Next, complete checkout for full access to Polinize
Welcome back! You've successfully signed in
Success! Your account is fully activated, you now have access to all content.

Relação entre ação humana no planeta e surgimento de pandemias inspira maratona de lives

Ciclo de palestras vai discutir semanalmente o desenvolvimento sustentável em diversas ações e realizações que harmonizam meio ambiente, sociedade e economia

Não foi a primeira vez na história da humanidade e, segundo especialistas da área de gestão ambiental, não será a última em que a vida da população fica ameaçada por uma pandemia. Essa é uma constatação de diversos estudos que, antes da Covid-19, alertam para a urgência da mudança no comportamento humano perante a natureza como solução para a preservação do planeta. Para promover discussões sobre a harmonia entre meio ambiente, sociedade e economia, o Programa de Pós-Graduação em Gestão Ambiental (PGAMB) da Universidade Positivo (UP) promove o ciclo de palestras “Os limites do planeta”.

Em dez palestras semanais, professores e alunos do PGAMB vão apresentar os projetos que desenvolvem e como contribuem para a preservação do planeta. No lançamento do programa, dia 1o de maio, o coordenador do PGAMB, Maurício Dziedzic, apresentou a programação completa das palestras e comentou a influência do meio ambiente na atual situação que vivemos. “Estamos tentando, há pelo menos 16 anos, propor ações e projetos que contribuam para o desenvolvimento sustentável e o bem viver no planeta”, afirma. Segundo o professor, a saída para a atual crise não é simples. "É necessária uma visão interdisciplinar, holística e integrada, tal qual é concebido o próprio Programa de Mestrado e Doutorado da UP, que abarca profissionais das mais diferentes graduações visando capacitá-los aos desafios da área. Precisamos levar em conta o ponto de vista de todos. Não dá para pensar em uma solução que resolva o problema apenas para  uma parte da população”, ressalta. As palestras acontecem todas as sextas, às 18h, ao vivo, no Youtube (https://bit.ly/2AiQfJc).

No entendimento do coordenador, o formato mais comum de perseguir riqueza e poder sem se importar com as consequências, levou o planeta “à beira do abismo”. Dziedzic recorda que a migração de doenças de animais para humanos vem desde a Era Medieval. Peste bubônica, raiva, ebola e, mais recentemente, a gripe aviária, são alguns exemplos. “Se o ser humano não mudar o seu modo de vida e o modo de conduzir a sua existência no planeta, essa lista de doenças só vai crescer – e rapidamente. Está provado que o planeta não está pronto para isso, haja vista o número de mortos e desamparados por conta da pandemia”.

Dziedzic admite o receio de que toda a gravidade do momento atual ainda não mude a humanidade. “Apesar de toda a tragédia, tem muita gente que duvida que isso é grave, e não aproveita a oportunidade de aprender com os erros alheios”.

Serviço

Ciclo de palestras ao vivo: Os limites do planeta

Quando: toda sexta-feira, 14h30

Onde: Youtube - Acesse: https://bit.ly/2AiQfJc

Gravações também podem ser acessadas pelo Instagram: @pgamb.up


PROGRAMAÇÃO

22 de maio

Cidades e soluções - Ecossocioeconomias urbanas - Cadeias socioprodutivas sustentáveis que promovem o bem viver territorial

Carlos Alberto Cloce Sampaio

29 de maio

Valoração de serviços de ecossistemas

John Loomis

5 de junho

Políticas de inovação transformadoras para a gestão do sistema de inovação tecnológico de biogás em países em desenvolvimento

Sieglinde Kindl da Cunha e Marcia Hino

12 de junho

Desvendando o contexto e as populações residentes no Parque Nacional de Superagui, à luz da psicanálise e da antropologia

Daniel Ribeiro Branco e Mario Sergio Michaliszyn

19 de junho

Reuso de águas residuais no contexto da gestão urbana sustentável dos recursos hídricos

Patrícia Bilotta

26 de junho

Educação para o desenvolvimento sustentável e Educação Ambiental

Cíntia Mara Ribas de Oliveira e Mario Sergio Michaliszyn (com a participação de mestrandas do PGAMB)

03 de julho

Reuso de resíduos industriais no contexto da gestão ambiental

Lucca Malucelli e Marco Aurélio da Silva Carvalho Filho

10 de julho

As células de consumo responsável e sua influência na formação de políticas públicas para o desenvolvimento territorial urbano sustentável: caso de Curitiba - Paraná

Dailey Fischer


_______________________________________________________

Sobre a Universidade Positivo

A Universidade Positivo é referência em ensino superior entre as IES do estado do Paraná e uma marca de reconhecimento nacional. Com salas de aula modernas, laboratórios com tecnologia de ponta, mais de 400 mil m² de área verde no câmpus sede, a Universidade Positivo é reconhecida pela experiência educacional de mais de três décadas. A instituição conta com quatro unidades em Curitiba (PR) e uma em Londrina (PR) e mais de 70 polos de EAD no Brasil. Atualmente, oferece mais de 60 cursos de Graduação, centenas de programas de especialização e MBA, sete programas de mestrado e doutorado, além de cursos de educação continuada, programas de extensão e parcerias internacionais para intercâmbios, cursos e visitas. Além disso, tem sete clínicas de atendimento gratuito à comunidade, que totalizam mais de 3.500m². Em 2019, a Universidade Positivo foi classificada entre as 100 instituições mais bem colocadas no ranking mundial de sustentabilidade da UI GreenMetric. Mais informações em www.up.edu.br

Top stories in your inbox!