Sinistro de carro: o que pesquisar em consultas veiculares para não cair em armadilhas

Renniê Paro | 1 min read

*Por Yago Almeida

Quem mora em grandes cidades, como é o caso de São Paulo, sabe muito bem a triste realidade do número de sinistros de veículos, diariamente. Milhares de carros e motos sofrem com roubos e furtos, vidros quebrados e outras avarias que podem deixar qualquer proprietário de orelha em pé.

Outro dado não tão feliz desse mercado automotivo, é que muitos veículos que passam por sinistros, acabam sendo “adulterados” e voltam ao mercado, para re-compra. Por isso, é muito importante que antes de efetuar uma nova aquisição, o cliente pesquise à fundo o histórico do carro e, se for o caso, identifique possíveis sinistros.

Por meio de plataformas de pesquisas online, o consumidor consegue levantar, em poucos minutos, todos os dados de um veículo usado e, com isso, evita cair em armadilhas. Um indício de um carro sinistrado, é que seu valor de mercado é cerca de 30% mais barato do que um novo.

Vale lembrar que o carro ter sinistro não é algo totalmente ruim, desde que você esteja ciente disso no ato da compra. Pois, futuramente, podem aparecer problemas e avarias que você (e seu bolso) não contavam. Itens como alinhamento e balanceamento, infiltrações ou falhas mecânicas também pode indicar sinistros.

Por isso, reforço que é muito importante transformar recursos tecnológicos em aliados na hora de pesquisas o histórico de um veículo. Dessa forma, você garantirá que não foi enganado e comprou exatamente aquilo que estava ciente, sendo sinistrado ou não.

Pense nisso!

*Yago Almeida é Diretor Comercial da Olho no Carro, uma startup que oferece segurança para transações de compra de veículos. O primeiro aplicativo web de consultas veiculares do país, analisa em poucos segundos, mais de dez variáveis, como  Decodificador de Chassi, Base Nacional – Dados Cadastrais do veículo com base no Renavam, Restrições e Impedimentos do veículo, Histórico de Roubo e Furto, Acidentes (sinistro de perda total), Indício de Sinistro, Leilão, Gravames (SNG), Histórico de Proprietários e Histórico de KM.

Share twitter/ facebook/ copy link